Coluna do Jonas - destaca!

| REDAçãO


Jonas Alves da Silva (Silva Junior). Divulgação

Eleições 2020 – Sessenta dias apaixonados

Hoje faltam exatamente 60 dias para as eleições municipais em todo o Brasil. Cada município estará escolhendo seus vereadores e prefeitos. Aqui em Dourados não será diferente. No dia da Proclamação da República, as urnas estarão dando o grito de proclamação dos políticos eleitos para os próximos quatro anos. Se nada ocorrer, a partir de 1º de Janeiro a cidade receberá os 19 vereadores, prefeito e vice-prefeito.

Mas, até lá, muita enxurrada deve acontecer. Pelo que se ouve nas ruas, aquela historia de paz e amor que vinha sendo colocada, perde a validade a partir de hoje. Chegou a hora do “cada um por si, com seus parceiros, e que Deus salve a todos”, ou se quiser ser mais direto... “salve-se quem puder”.

Estão preparados para o embate: uma coligação super, reunindo todos os grandes; uma coligação leve, com apenas dois partidos; e outros que preferem enfrentar a batalha sozinhos.

Na coligação super, resta esperar que a possível guerra por mais espaço não tenha proporções exageradas e que o grupo se mantenha até o fim. Mas há que se pensar no quanto de negociações deverão acontecer, com risco inclusive de enfraquecimento do grupo.

Na coligação leve, nenhum prenúncio de disputas internas e um sentimento de garra jovem, disposta a lutar até o último momento por uma vitória que, em acontecendo, tornar-se-á histórica.

E entre os avulsos, muito discurso com características otimistas, mas, vamos e venhamos, ainda sem um poder de incomodação dos adversários.

Sendo assim, serão “60 dias apaixonados”, pra valer...

Rádio Clube Remember

Quarta-feira, 16 de setembro de 2020. Há exatamente três anos, um grupo de ex-funcionários da Rádio Clube de Dourados, recepcionava familiares e convidados para o Segundo Remember.

Naquela fatídica noite de sábado, o Salão de Eventos do Secod (Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Dourados recebia um público celeto.

No encontro ocorreram boa prosa, nostalgia e lembranças de fatos que viraram enredo de notícias na história da comunicação local.

Iniciativa de Gilberto Orlando

O projeto nasceu por iniciativa do decano Gilberto Orlando Daquinto, o Tucano, trazido para Dourados por Jorge Antonio Salomão no inicio dos anos 70. Aqui, juntamente com a esposa, professora Ivone, constituiu família e se tornou parte integrante do time A da sociedade douradense.

Gilberto Orlando aportou no município em 1971e faleceu em abril deste ano. Deixou legado. Foi um dos poucos a exercer a profissão com denodo e dedicação exclusiva.

Evento tem que continuar

Esse encontro dos ex-funcionários da Rádio Clube não pode cair no esquecimento em Dourados.

Recai nos ombros da Comissão Organizadora: Amarildo Ricci, Agda Rocha, Joel Narciso, Jonas Silva Junior e Selene Roberto Marques atender o desejo do idealizador Gilberto Orlando Daquinto em seguir com o proposto por ele começado. A conferir.

 

Segurança

Em evento restrito por causa da pandemia de coronavírus, sábado 12 de setembro, o governador Reinaldo Azambuja autorizou o início da construção da sede própria do DOF, o Departamento de Operações de Fronteira.

O prédio será erguido em um terreno de 17.400 m² na Marginal Guaicurus, conhecida como prolongamento da Rua Coronel Ponciano, em Dourados.

Sonho de 30 anos

A construção da nova sede materializa um sonho de mais de 30 anos. Com R$ 5,1 milhões de recursos do Estado, o moderno complexo policial vai abrigar as estruturas administrativas e operacionais do DOF e da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

O prédio terá 1.434 m² de área construída. Conforme o projeto, a sede contará com auditório, alojamentos, salas de aula, cozinha, refeitório e ambientes administrativos. A unidade policial ainda terá salas de logística, inteligência, investigação e cartórios, entre outras.

Prazo de construção

A obra será executada pela empresa Taurus Empreendimentos, que venceu o processo licitatório feito pela Agesul (Agência Estadual de Empreendimentos).

Após a assinatura da ordem de início do serviço, a construtora terá dois anos para concluir o prédio (agosto de 2022). O prazo está previsto em contrato.

Polícia especializada

Criado em 1987, o DOF atua em 53 municípios de Mato Grosso do Sul. O principal trabalho é desempenhado nos mais de 1.500 quilômetros de fronteira do território brasileiro com o Paraguai e a Bolívia.

Mas a polícia estadual especializada também monitora parte da divisa de MS com os estados de São Paulo e Paraná.

Além do governador Reinaldo Azambuja, participaram da solenidade o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, e o diretor do DOF, coronel Wagner Ferreira da Silva.

“Menstruação Sem Tabu”

O deputado Herculano Borges (Solidariedade) apresentou na na Assembleia Legislativa de MS, o Projeto de Lei 174 de 2020, o qual institui e define diretrizes para a Política Pública “Menstruação Sem Tabu”.

O propósito é de conscientização sobre a menstruação e a universalização do acesso a absorventes higiênicos no estado de Mato Grosso do Sul. O objetivo, conforme a justificativa do parlamentar, é regular e abordar o assunto da menstruarão de forma mais ampla, a fim de definir uma política pública relacionada ao tema.

Assunto não pode ser evitado

O deputado frisou, ainda, duas questões: “o tabu em torno da menstruação e a dificuldade à universalização do acesso aos absorventes higiêni…



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE