O retorno às atividades do futebol brasileiro ainda é uma incógnita por causa da pandemia do novo coronavírus, mas as atividades nos principais clubes podem estar perto de retornar. Em dois deles, a preparação para retomada da temporada, mesmo sem data prevista, vai começar. Os gaúchos Grêmio e Internacional marcaram a reapresentação individual dos atletas para essa terça-feira (5) e são os primeiros times da Série A do Campeonato Brasileiro a entrar em atividade. Em ambos, profissionais das comissões técnicas e outros funcionários iniciaram os trabalhos nesta segunda (4).

A volta ao trabalho da dupla Gre-Nal combina com o interesse do Ministério da Saúde, que em carta enviada aos clubes e à CBF se manifestou favorável à volta do futebol. O documento ressalta que os jogos, sem a presença de público e com transmissão pela TV, ajudariam a reduzir a presença de pessoas nas ruas, ampliando as taxas de isolamento social. No entanto, a pasta ressalta que caberia a cada Secretaria Estadual de Saúde definir que tipo de atividades esportivas podem ser realizadas em cada federação.

Na véspera de receber funcionários, atletas e comissão técnica, departamento de futebol profissional do Grêmio priorizou a limpeza especial de todos os setores do Centro de Treinamento Luiz Carvalho, internos e externos. O processo ocorreu durante todo o final de semana.

Outros clubes

O planejamento para o retorno às atividades também acontece nas demais equipes do Brasileirão, inclusive com trabalhos virtuais com os jogadores. São os casos de Bahia-BA, Botafogo, Coritiba-PR, Flamengo, Fluminense e RB Bragantino-SP. Os clubes já divulgaram exercícios a serem feitos pelos atletas, separadamente, mas já com horários definidos. O Flamengo, inclusive, já está testando funcionários e atletas para covid-19, aguardando apenas a liberação de autoridades de saúde do Rio de Janeiro para voltar a trabalhar no Ninho do Urubu

Antes do Campeonato Brasileiro em suas quatro divisões, porém, a prioridade será a conclusão dos campeonatos estaduais, informação reforçada pela CBF na última semana. O secretário-geral da entidade, Walter Feldman, reconhece que não cabe à entidade definir datas, mas diz achar importante a volta aos treinos para que os jogadores estejam prontos o quanto antes para quando o futebol for liberado.

Foto: Divulgação/Grêmio FBPA

Legenda: Limpeza de setores do CT do Grêmio aconteceu durante o fim de semana



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE