Transparência nos recursos públicos destinados à pandemia coloca MS em destaque no ranking nacional

| SUBCOM


A transparência nos recursos públicos direcionados às ações de combate ao coronavírus elevou o patamar de Mato Grosso do Sul de 22º para o 5º lugar no ranking nacional. A divulgação no Portal Transparência Internacional (https://transparenciainternacional.org.br/) mostra avanço de 77 para 99 pontos.

O indicador revela um crescimento ainda mais expressivo do Estado considerando que a organização que avalia portais de transparência de todo o país adotou critérios mais rigorosos, anunciando inclusive que passará a acompanhar também doações, programas de estímulo econômico e medidas de proteção social.

O controlador geral do Estado, Carlos Girão, associa o resultado ao trabalho realizado pelo Governo do Estado. “Estamos a um ponto da perfeição. Em primeiro lugar creio que é o reconhecimento a todo o esforço que o Estado teve para atender os requisitos considerados ideais pela transparência internacional na promoção da transparência com os gastos dos recursos destinados ao combate ao covid-19”. 

Girão evidencia os critérios adotados pela instituição. “A metodologia é dinâmica, isso quer dizer que a cada avaliação são analisados novos requisitos. Isso só reforça o compromisso do nosso Estado com a transparência, essa é a diretriz do Governo”. 

Para a secretária de Administração e Desburocratização, Ana Nardes, o trabalho divulgado no compras.coronavirus.gov.br começou logo após o início da pandemia e com o tempo houve melhora e otimização na divulgação dos dados. “O avanço de Mato Grosso do Sul no levantamento demonstra uma relação entre Governo e sociedade mais transparente e participativa. É também, sinônimo de muito trabalho das equipes envolvidas”.

Por fim, o secretário de Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, comemora o indicador e revela o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado. “Esta preocupação do Poder Executivo em apresentar ao público os dados dos gastos com a pandemia é a demonstração do comprometimento com a transparência, este indicador muito próximo à excelência mostra que em primeiro lugar deve estar o cuidado com o dinheiro público", afirmou Riedel.

Girão evidencia os critérios adotados pela instituição. “A metodologia é dinâmica, isso quer dizer que a cada avaliação são analisados novos requisitos. Isso só reforça o compromisso do nosso Estado com a transparência, essa é a diretriz do Governo”. 

Para a secretária de Administração e Desburocratização, Ana Nardes, o trabalho divulgado no compras.coronavirus.gov.br começou logo após o início da pandemia e com o tempo houve melhora e otimização na divulgação dos dados. “O avanço de Mato Grosso do Sul no levantamento demonstra uma relação entre Governo e sociedade mais transparente e participativa. É também, sinônimo de muito trabalho das equipes envolvidas”.

Por fim, o secretário de Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, comemora o indicador e revela o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado. “Esta preocupação do Poder Executivo em apresentar ao público os dados dos gastos com a pandemia é a demonstração do comprometimento com a transparência, este indicador muito próximo à excelência mostra que em primeiro lugar deve estar o cuidado com o dinheiro público", afirmou Riedel. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE