As 10 vitórias do Brasil no GP da Itália de F1

Fittipaldi, Piquet, Senna e Barrichello somam juntos 10 triunfos no GP com mais vitórias brasileiras na história da F1

| ICARROS


Você já parou para pensar no Grande Prêmio de F1 que mais tem vitórias brasileiras? É o GP da Itália, um dos mais tradicionais do automobilismo por ter sido realizado pela primeira vez em 1950, ano de criação da categoria. Os brasileiros já venceram 10 edições, sendo quatro vitórias de Nelson Piquet, três de Rubens Barrichello, duas de Ayrton Senna e uma de Emerson Fittipaldi. 

Relembre as vitórias de cada um desses pilotos: 

Emerson Fittipaldi - 1972 

Primeiro brasileiro a ser campeão mundial de F1, Emerson ganhou o GP da Itália pela única vez em 1972, justamente no ano do primeiro de seus dois títulos mundiais. Pilotando a inesquecível Lotus-Ford 72D de cores preta e dourada, Fittipaldi garantiu a conquista justamente com a vitória na Itália.  

O triunfo quase não aconteceu, primeiro por conta de um acidente com o caminhão que transportava seu carro para o circuito de Monza. A equipe precisou usar outro chassi, que meia hora antes da largada ainda teve um problema de vazamento. Emerson não desistiu e, mesmo largando apenas em sexto, ainda conseguiu ganhar a prova. 

Nelson Piquet – 1980, 1983, 1986 e 1987 

Tricampeão mundial de F1, Nelson Piquet venceu o GP da Itália em quatro oportunidades: 1980, 1983, 1986 e 1987. Até hoje é o único piloto a vencer o GP italiano fora de Monza, já que a prova de 1980 foi realizada em Ímola, autódromo que recebeu por várias vezes o GP de San Marino. 

Os primeiros dois triunfos de Piquet no GP da Itália foram a bordo da Brabham, a primeira com motor Ford em 1980 e em 1983 com motor BMW. Os últimos dois triunfos foram com a Williams-Honda. A vitória de 1987, inclusive, teve uma grande disputa entre Piquet e Ayrton Senna, terminando com dobradinha brasileira. 

Ayrton Senna – 1990 e 1992 

Ayrton Senna conquistou cinco poles positions no GP da Itália, mas o sucesso em Monza nas corridas demorou um pouco para chegar. Falava-se até em uma “maldição” no circuito, que é conhecido até hoje como a casa da Ferrari. O brasileiro quebrou esse tabu em 1990, quando ainda faturou o carro da vitória em uma aposta com Ron Dennis, chefe da equipe McLaren. O carro atualmente está no Brasil, na sede do Instituto Ayrton Senna, em São Paulo. 

A vitória de Ayrton Senna em 1992, novamente com a McLaren-Honda, também foi especial, principalmente por ter levado a melhor sobre as Williams de Nigel Mansell e de Riccardo Patrese, que eram considerados os favoritos. 

Rubens Barrichello – 2002, 2004 e 2009 

Imagine a emoção de conseguir vencer o GP da Itália pilotando pela Ferrari. Foi isso que Rubens Barrichello conseguiu fazer duas vezes, em 2002 e 2004. Rubinho ainda voltou a triunfar em Monza na temporada 2009, quando competia pela Brawn GP.  

As três vitórias de Barrichello em Monza aconteceram com dobradinhas da Ferrari e da Brawn. Em 2002 e 2004, ele superou Michael Schumacher e na sua última vitória fechou a prova logo à frente de Jenson Button, sendo até hoje esta a última vitória do Brasil na F1. 

Acompanhe as novidades do mundo automotivo pelo iCarros no:

Facebook (facebook.com/iCarros) Instagram (instagram.com/icarros_oficial) YouTube (youtube.com/icarros)



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE