FIA acata reclamações da Renault e pune Racing Point em 15 pontos e 400 mil euros

| GAZETA ESPORTIVA


A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) anunciou na manhã desta sexta-feira, poucos minutos antes do primeiro treino livre para o GP dos 70 anos da Fórmula 1, em Silverstone, uma punição de 15 pontos para a Racing Point, advinda de reclamações da Renault.

A entidade máxima do automobilismo optou pela perda de 15 pontos no mundial de construtores e uma multa de 400 mil euros (aproximadamente R$ 2,5 milhões). A condenação se deu um função de ilegalidades nos dutos dos freios traseiros, que teriam sido copiados da Mercedes no ano passado.

"Como os dutos de freio traseiros do RP20 (Racing Point 2020) não foram aplicados no RP19 em 2019, e os comissários acreditam que o esforço de projeto despendido pela Racing Point na adaptação dos dutos de freio traseiros projetados pela Mercedes para o W10 (Mercedes 2019) empalidece na comparação com o trabalho original da Mercedes, os comissários concluíram que o principal projetista dos dutos traseiros do RP20 foi a Mercedes, não a Racing Point", diz parte do comunicado da FIA.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE