Nessa temática poderíamos falar de crise familiar, política, econômica, religiosa-espiritual, de saúde, entre outras áreas. Cada área de conhecimento conceitua a crise de seu modo, e apresenta caminhos de sobrevivência. Queremos, no entanto, fazer algumas considerações sobre atitudes necessárias no caminho da vitória em qualquer crise, a partir do ensino de Jesus registrado no Evangelho de João 16.33: "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo".

Para vencer em tempos de crise é necessário manter a consciência de que não somos inatingíveis. A crise evidencia quem somos, mas também o que pensávamos de nós. A vida é extremamente perigosa para pessoas que se entendem inatingíveis.  Quando a crise vem, elas ficam frustradas, com raiva de tudo e de todos, procurando a quem culpar e sem forças para lutar e vencer. Sentem-se injustiçadas por Deus, pelas circunstâncias políticas, socioeconômicas e sociais. Por isso Jesus disse: “Neste mundo vocês terão aflições...”.  Manter a consciência da realidade de que não somos imunes às crises nos mantém mais saudáveis e preparados para lutar e vencer em tempos de crise.

Para vencer em tempos de crise também é necessário olhar para a história e aprender com vitórias do passado. A história da humanidade registra a sobrevivência e a vitória sobre terríveis crises. Em nossa própria história de vida podemos lembrar-nos de crises que foram vencidas, certos de que são transitórias. Jesus ensina que os seus seguidores devem ter como motivo de inspiração para prosseguir e vencer na crise, o fato de que Ele mesmo venceu: “...Eu venci o mundo”. Nestas palavras está implícita a verdade de que assim como Ele venceu, nós também podemos vencer.

Para vencer em tempos de crise é necessário, acima de tudo, manter a fé em Jesus. Em tempos de crise se evidencia o quanto dependemos e necessitamos de renovo das forças e de circunstâncias mudadas pela intervenção de Deus. Percebemos nossa fragilidade e limitação. Por isso Jesus diz: “...tenham ânimo!” Com essas palavras Ele não está nos desafiando para um pensamento positivo. Ele está nos desafiando a crer, pois expressa isso de outra forma quando diz: "Não se perturbe o coração de vocês. Creiam em Deus; creiam também em mim” (João 14.1). Na crise entendemos a importância da espiritualidade e da fé. Além dos testemunhos Bíblicos e da história da igreja, diversas áreas do conhecimento humano tem reconhecido e testemunhado o poder da fé. A fé foi a única coisa necessária e que não poderia esmorecer num momento de crise familiar e de saúde de certo pai, pois Jesus lhe disse: “Não tenha medo; tão-somente creia" (Marcos 5.36).

Percebemos ao longo da reflexão que vencer em tempos de crise requer atitudes de vida e não apenas momentâneas, na hora da crise. Por isso é necessário, em todo tempo observar as palavras de Jesus: “Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz”. Observe que a chave que possibilita essa paz e vitória em tempos de crise é estar em Jesus. Que nEle, por meio d’Ele e para glória d’Ele toda crise seja vencida.

Armindo Edegar Hein,

Pastor da Igreja Batista Nova Jerusalém e Professor de Teologia da UNIGRAN - em Dourados/MS

 

E-mail: [email protected]

 

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE