Paraguai estende quarentena total por mais uma semana para combater a COVID-19

Ponte Internacional da Amizade deve continuar fechada, pelo menos, até o dia 04 de maio.

| CONTEUDO MS


O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, anunciou nesta sexta-feira (24) que a quarentena total, em vigor no país desde o dia 21 de março e que venceria neste domingo (26), será prorrogada por mais uma semana.

O novo prazo para duração da medida é até o dia 03 de maio, com possível flexibilização de algumas das restrições a partir de 04 de maio. Os detalhes, porém, ainda estão sendo discutidos pela equipe técnica do governo.

“É um grande sacrifício de todos, mas devemos ser responsáveis e entender que o coronavírus vai mudar nossa vida por um bom tempo”, afirmou o presidente, ao participar da inauguração de um trecho de asfalto na localidade de Villa Oliva.

O Paraguai tinha, até a tarde desta sexta-feira, 220 casos confirmados, com nove falecidos. Os índices do país são os mais baixos entre os países da região, o que é atribuído, principalmente, às medidas adotadas desde o início da pandemia.

As fronteiras do país com Brasil, Argentina e Bolívia devem continuar fechadas, pelo menos, até a segunda quinzena de maio, já que “fronteiras e escolas”, conforme declarações dadas anteriormente pelo presidente, “serão as últimas a serem reabertas”.

Já a Argentina, cuja quarentena também está prevista para durar até domingo (26), deve prorrogar as medidas nas grandes cidades e adotar algumas flexibilizações, apenas, nas localidades do interior. As fronteiras continuarão fechadas por tempo indeterminado.