Sanesul dá ordem de serviço para obras da ETE Sete Quedas

O recurso é da própria empresa, no valor de R$ 3.189.112,98.

| ASSESSORIA


A diretoria da Sanesul assinou ordem de serviço para a construção da ETE - Estação de Tratamento de Esgoto de Sete Quedas. Autorização foi dada no dia 14 de julho e as obras entram no cronograma da empresa.

A estação terá capacidade de tratar até 10 litros de esgoto bruto por segundo. O recurso é da própria empresa, no valor de R$ 3.189.112,98.

No mesmo pacote de investimento serão construídos: elevatória, laboratório, emissário final, ligações domiciliares de esgoto entre outras obras complementares do sistema.

Segundo o Departamento de Projetos da empresa, a nova ETE deve operar pelo sistema reator UASB, uma tecnologia de tratamento biológico de esgotos baseada na decomposição anaeróbia da matéria orgânica.

Autorização em fevereiro

O governador Reinaldo Azambuja e o diretor de engenharia e meio ambiente da Sanesul, Helianey Paulo da Silva, assinaram a autorização para licitar as obras durante o evento de entrega da Estação de Tratamento de Água – ETA no município de Sete Quedas, no dia 19 de fevereiro/2020.

Sete Quedas renovou a concessão com a Sanesul há um ano (julho de 2019). No plano de investimento para os próximos 30 anos estão inclusos as obras de esgotamento sanitário como a ETE, redes de coleta e ligações domiciliares; Estação Elevatória e demais obras complementares para o funcionamento do sistema.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE