MT aposta em etanol de milho

Estado é o maior produtor do biocombustível no país

| AGROLINK/


O Mato Grosso vai colher uma safra total de 34,23 milhões de toneladas de milho, um aumento de 2%, em uma área plantada de 5,4 milhões de hectares, um avanço de 11,2%,  segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), César Miranda, destaca que a grande demanda pelo grão para produção de etanol no Estado foi determinante para o aumento de área e produção e animou produtores da região. Hoje Mato Grosso é o maior produtor do biocombustível , com aumento de aproximadamente 66% na produção de etanol de milho somente entre 2018 para 2019. No ano passado foram 1,1 bilhão de litros. Neste ano pode se chegar a A expectativa da Unem é de que o estado chegue a produzir cerca de 2 bilhões de litros.

 
O estado conta com 12 plantas de etanol, das quais a metade utiliza o milho como matéria-prima, além de outras plantas de biocombustíveis, em que a soja é um dos componentes. “Antes do processo de industrialização, o grão era utilizado basicamente na fabricação de ração animal e consumo humano. Com esta verticalização, o produtor começou a apostar novamente no milho, elevando-o, ao lado da soja, à condição de protagonista na produção estadual de grãos”, avaliou Miranda.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE