Chicão faz avaliação negativa da retomada no Corinthians: 'Precisa evoluir muito'

| GAZETA ESPORTIVA


Com a retomada do Campeonato Paulista, o Corinthians voltou a campo depois de mais de quatro meses. Nas duas partidas que realizou, o Timão venceu o clássico com o Palmeiras por 1 a 0 e derrotou o Oeste por 2 a 0, conseguindo a classificação para as quartas de final da competição.

No entanto, apesar dos resultados positivos, o desempenho da equipe foi criticado pelo ex-zagueiro Chicão, ídolo do clube. Em participação no Mesa Redonda deste domingo, o jogador falou que o time precisa melhorar bastante caso queira seguir na briga pelo título.

"Vai precisar melhorar para o jogo contra o Red Bull Bragantino. Na partida contra o Palmeiras não foi bem, e nesse jogo contra o Oeste, os dois gols foram nos acréscimos do primeiro e do segundo tempo, para ver como o Corinthians chegou só duas vezes ao gol. Então, precisa evoluir muito se quiser se classificar", declarou Chicão.

O ídolo ainda falou sobre o confronto entre Guarani e São Paulo, que acabou classificando o alvinegro para a próxima fase com a derrota do Bugre. O ex-atleta destacou que a ideia de uma equipe perder propositalmente uma partida para prejudicar o rival "não existe" e ainda relembrou um evento semelhante no ano de 2009, quando comentou-se que o Corinthians perdeu um jogo para o Flamengo com a intenção de atrapalhar o Tricolor.

"Isso não existe. Até teve uma situação parecida em 2009, em um Corinthians e Flamengo. O São Paulo estava brigando pelo título também, e o Felipe tomou o gol porque ele estava irritado. A gente estava querendo ganhar o jogo, íamos ganhar do Flamengo", afirmou Chicão.

"Eu estava na partida e posso falar com propriedade que não teve nada disso e a gente queria vencer. O Ronaldo saiu machucado, eu fui expulso e o Felipe ficou irritado. Ele achou que o Léo ia bater o pênalti no meio mesmo e infelizmente aconteceu a derrota naquele dia. Então o torcedor pode pedir, mas isso não existe", finalizou.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE