Nascida em 1918, ano da gripe espanhola, mulher de 101 anos recebe alta após ter coronavírus - Saúde - Estadão

Nair Torres Santos esteve internada por nove dias na Unidade de Terapia Intensiva do hospital Norte D’Or

| ESTADãO


RIO - Nascida em 1918, ano da gripe espanhola, Nair Torres Santos acaba de superar a covid-19. Ela recebeu alta na tarde desta quarta-feira, 29, do hospital Norte D’Or, onde ficou internada por nove dias, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, desde a última segunda-feira, num quarto.

 

A alta de dona Nair, de 101 anos, foi muito comemorada pelos funcionários do hospital, que se emocionaram com a sua recuperação. A saída foi marcada por muitos aplausos. “Parabéns, a senhora é uma guerreira”, disse uma das enfermeiras. Dona Nair deixou o hospital numa cadeira de rodas e segurando um grande coração de pelúcia.

“É mais de um século de memórias que ela traz consigo”, disse o diretor do hospital, Ricardo Calado. “E poder vê-la retornar para casa, sabendo que vai compartilhar mais momentos com seus familiares, nos traz uma alegria indescritível.”



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE