Publicada Lei que reserva 10% das vagas da UEMS a estudantes do Estado

| ASSESSORIA


Foi publicada, no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (16), a Lei  nº 5.541 que reserva 10% das vagas dos cursos de graduação ofertados pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) aos estudantes que comprovem residência estabelecida em qualquer um dos 79 municípios do Estado.

Clique AQUI para acessar o DOE.

A iniciativa garante à população sul-mato-grossense maior acessibilidade ao Ensino Superior.

A reserva de vagas se aplica nos casos de ingresso de acadêmicos por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), do Processo Seletivo UEMS (PSU) e do Processo de Transferência Externa.

Para acessar as vagas regionais, o candidato deverá comprovar, por meio de documentos, sua permanência no Estado de Mato Grosso do Sul por, no mínimo, dez anos ininterruptos, em período imediatamente anterior à inscrição em qualquer um dos processos seletivos.

Clique AQUI e confira a Lista de Documentos.

As vagas reservadas para os candidatos indígenas, nos termos da Lei nº 2.589, de 2002, as destinadas reservadas ao ingresso de alunos negros, conforme a Lei nº 2.605, de 2003, quando não preenchidas, serão distribuídas para as vagas regionais prevista nesta Lei.

De acordo com a Lei, a Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul (SED/MS) será responsável pelo acompanhamento e pela avaliação do programa de reserva de vagas regionais.

Para o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, esta Lei é muito importante, pois valoriza ainda mais a relação da Universidade com a população sul-mato-grossense. "A UEMS tem um protagonismo com a história do MS e com o seu povo. Com esta iniciativa, esperamos consolidar esse vínculo. Quem ganha é o Estado e a sociedade de Mato Grosso do Sul", avalia Laércio.

UEMS  
Concebida com a proposta de levar a Educação Superior ao interior do Estado, A UEMS cumpriu com excelência essa missão. Presente em 22 cidades do Mato Grosso do Sul, com 15 unidades físicas e sete polos de Educação a Distância (EaD), a UEMS conta, atualmente, com mais de 60 cursos de graduação, além de cursos de especialização, mestrados e doutorados.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE