DOURADOS, PÓLO DE UMA REGIÃO - Adail Taveira


Adail Tavera Alencar, poea e escritor. Divulgação

Na poeira da saudade, incrustada na nossa memória, floresceu uma linda cidade, que faz parte da nossa história.

No verde/azul da bandeira, Te vejo sempre brilhante, Tu és Dourados altaneira, De um povo forte e vibrante.

Nos festivais da canção, êxtase da nossa cultura, transpirava a nossa emoção, reacendia a nossa ternura.

Na garoa da fonte luminosa, Depois no matinê do cinema, Para aquela menina uma rosa, Tendo o amor como tema. Dourados, pólo de uma região, seu progresso te faz crescer, orgulho do seu cidadão, com amor quero te enaltecer.

 

Adail Alencar Taveira/Moisés Crestani. Gaibu-Cabo de Santo Agostinho-PE, Dourados-MS,11-07-2.020.

 

---

 

DESEJOS DE UM POETA

Queria fazer uma poesia, e nela me entregar totalmente, irradiar toda a minha alegria e do meu amor plantar a semente. Queria colocar toda a minha emoção, em cada fibra do meu ser, queria que o meu canto fosse a canção, inebriado de um puro prazer.

Queria ser toda a ternura, que o meu coração pudesse doar, queria fazer mais linda a noite escura, e que fosse mais divina a imensidão do mar. Queria que tudo não fosse um sonho, e transformar cada momento em felicidade, queria não ser tão tristonho, e cada sorriso triste, fosse de saudade.

Queria que a plenitude do amor, possuísse todas as minhas razões, queria ofertar uma linda flor, e acalentar com verdades, minhas ilusões. Queria me dedicar por inteiro, sem falsidades ou atitudes superficiais, queria ser o amor verdadeiro, e o carinho ser o caminho dos meus ideais. Quero simplesmente sorrir com esperança, e ter a paz que a minha vida merecer, quero adorar o sorriso de uma criança, e quero um dia. . .ter você. . . Adail Alencar Taveira.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE