MPE recomenda à PM que prenda quem não usar máscara em Fátima do Sul

| PM FáTIMA DO SUL


O Ministério Público Estadual emitiu recomendação nesta terça-feira, (19.05), para que à Polícia Militar intensifique a fiscalização do uso obrigatório de máscaras em Fátima do Sul e proceda à prisão em flagrante delito dos que desrespeitarem a medida, bem como que proceder a aglomerações sem autorização legal.

O Ministério Público Estadual, representado pelo Promotor de Justiça, Rodrigo Cintra Franco, deu um prazo de 2 dias para que a população seja informada das medidas. “Muito, embora por se tratar de crime a PM já poderia autuar em flagrante desde a segunda-feira, (dia 18.05), reforçou o promotor. “Conforme consta da recomendação, a medida foi necessária em razão do crescimento exponencial da doença em Fátima do Sul, aliado ao fato dos munícipes estarem reticentes quanto ao cumprimento das obrigações determinadas nos decretos municipais', explicou o Promotor Rodrigo Cintra Franco. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE