Sentimento reprimido - Adail Alencar

| DO AUTOR


Adail Tavera Alencar, poea e escritor. Divulgação

Queria gritar para o mundo,
esse sentimento reprimido,
um amor tão forte e profundo,
que nunca será esquecido.

Queria ter a liberdade,
de extravasar esse carinho,
queria que a minha felicidade,
fizesse parte do seu caminho.

Queria que esse amor sufocado,
encontrasse eco na sua emoção,
pois esse seu apaixonado,
já te entregou o coração.

Queria ter o direito,
de te amar se medo,
esse amor que dilacera o peito,
não deveria ser segredo.

Esse amor é mais forte que tudo,
até a maior indiferença,
por isso me iludo,
mesmo sem sua presença.

Esse amor que me deixa tristonho,
me faz feliz quando te vejo,
você está nos meus sonhos,
é a fonte maior do meu desejo.

Penso em você todo dia,
e a cada momento te recordo,
penso em você quando estou dormindo,
e continuo pensando, quando acordo.

Você faz parte dos meus pensamentos,
e de todos os meus sentidos,
é tão lindo esse sentimento,
pensar em você não é tempo perdido.

É o que me alivia, me dá paz,
quando te vejo me sinto renascer,
porque te amo e esse amor me faz,
encontrar forças, pra nunca te esquecer.

Adail Alencar Taveira.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE