Mar agitado no Sul e Sudeste nos próximos dias

| CLIMA TEMPO


A passagem de um ciclone extratropical pelo litoral do Rio Grande do Sul vai gerar uma agitação marítima que se espalha pela costa do Sul e do Sudeste nos próximos dias. Na terça-feira, 7 de julho, o ciclone extratropical se forma sobre o interior da Região Sul, entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e depois segue para o oceano na quarta-feira, 8 de julho.

Desta vez, a agitação não será intensa como na semana passada, quando houve a passagem do chamado ciclone-bomba. Não há expectativa de ressacas generalizadas esta semana.

O mar começa a ficar agitado novamente no litoral do Rio Grande do Sul e sul de Santa Catarina durante a noite da terça-feira, 7 de julho. Durante a quarta-feira, 8 de julho, a agitação marítima aumenta e as ondas podem chegar aos 3,0 metros no litoral gaúcho, com risco de ressaca.

Durante a noite do dia 8 de julho, o mar vai ficando agitado no litoral sul de Santa Catarina, até Florianópolis. As ondas aumentam e podem ter picos de até 2,5 metros.

Durante os dia 9 e 10 de julho, o mar fica agitado em toda a costa do Rio Grande do Sul e litoral sul de Santa Catarina, até Florianópolis, com risco de ressaca e com ondas de de 2,5 metros a 3,0 metros.

No litoral norte de Santa Catarina e do Paraná, as ondas aumentam durante o dia 9 de julho e podem ter picos de até até 2,0 metros. Ondas de até 2,0 metros também devem ser observadas na sexta-feira, 10 de julho.

As ondas diminuem no decorrer do dia 11 de julho e não tem mais risco de ressaca.

Para a costa do Sudeste, a Climatempo prevê elevação gradual do mar no decorrer da quinta-feira, 9 de julho, com a altura das chegando a 1,5 metros à noite no litoral de SP, no sul do RJ e região da cidade do Rio de Janeiro

Na sexta-feira, 10 de julho, o litoral do Rio, entre Paraty e Lagos poderá ter alguns ondas com picos de até 2,0 metros e o litoral de SP se mantém com 1,5 metros

Para o dia 11 de julho, sábado, a previsão é de diminuição da ondas no litoral do Rio de Janeiro e de São Paulo, com alturas de 1,5 m na madrugada e manhã e baixando no decorrer do dia.

O mar baixa mais durante o domingo, 12 de julho.

Apesar da elevação das ondas no litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro nos próximos dias, não há expectativa de ressaca.

Para o litoral do Espírito Santo, a previsão e de que o mar se mantenha baixo, com ondas de até 0,5 a 1,0 até do dia 7 até a madrugada de 10 de julho. No decorrer da tarde do dia 10 e no dia 11, as ondas crescem e podem ter picos com até 1,5 metros. Não há condições para ressaca



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE