Apresentado pelo Corinthians, António Oliveira dispara: 'por conforto, teria ficado onde estava'

Registrado no BID, o treinador está liberado para comandar o Timão

| R7 / FUTEBOL | POR LANCE


Lance - Lance

Novo técnico do Corinthians, António Oliveira foi apresentado neste sábado (10), em coletiva realizada no CT Joaquim Grava. O português chega para a vaga de Mano Menezes, demitido após sequência de cinco derrotas no Paulistão.

Questionado sobre a pressão que é trabalhar na equipe paulista, o treinador admitiu que comandar uma instituição desta magnitude é um grande desafio, mas acredita estar preparado para representar o Timão.

➡️ Tudo sobre o Timão agora no WhatsApp. Siga o nosso novo canal Lance! Corinthians

➡️ Fabinho Soldado é apresentado no Corinthians e revela dificuldade no mercado: ‘Precisamos ser criativos’

- Se eu quisesse zona de conforto, tinha ficado onde estava. Muita gente que já representou o clube e forma como falavam dele, ninguém ficaria indiferente. E quanto mais falavam, mais tinha vontade de representa esse grande clube. Sei do desafio, mas também sei da minha capacidade, da capacidade e competência e profissionalismo dos que comigo trabalham, e principalmente confio muito nos jogadores. Vamos resgatar o melhor deles porque não desaprenderam de jogar - afirmou António.

Conhecido por sua organização tática, António Oliveira exaltou o elenco corintiano e revelou o que espera do time nas próximas partidas.

- Há três pontos fundamentais: organização, equilíbrio dentro das duas fases, mas principalmente qualquer equipe que tenha talento não pode abdicar de competir. Temos que ser a cultura desse clube que é sangue no olho. Talento eles tem e muito, confio muito neles, e o que motivou muito estar aqui para além da grandeza do clube, é a qualidade destes jogadores - revelou o português.

Registrado no Boletim Informativo Diário (BID) segundos antes do fim do expediente, António está liberado para estrear na próxima partida. Neste domingo (11), o Corinthians encara a Portuguesa, às 16h (de Brasília), na Neo Química Arena, pelo Campeonato Paulista.