Fabio Luis pede esclarecimentos sobre atuação do CCZ contra infestação de escorpiões em Dourados

| CâMARA DOURADOS / ASSESSORIA


Escorpião encontrado na região da Vila Roma Foto: Divulgação

O vereador Fábio Luis, Republicanos, enviou requerimento ao prefeito Alan Guedes (PP) e ao secretário de Saúde Waldno Pereira de Lucena Junior, solicitando informações detalhadas sobre as atividades e programas do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Dourados voltados ao controle e prevenção de pragas urbanas, com um enfoque especial na problemática dos escorpiões.

O requerimento busca esclarecimentos sobre:

Atividades e Programas do CCZ: Detalhamento das iniciativas em curso para o controle e prevenção de pragas urbanas, especificamente em relação aos escorpiões.

Estatísticas de Incidência: Informações atualizadas sobre a incidência de escorpiões nos bairros de Dourados, incluindo o número de ocorrências registradas e as áreas mais afetadas.

Planos de Ação para 2024: Descrição dos planos para intensificar as ações de controle de escorpiões e outras pragas urbanas neste ano.

Medidas Preventivas Recomendadas: Orientações para a população sobre como mitigar o risco de acidentes envolvendo escorpiões.

A solicitação vem no contexto de preocupações crescentes da população local com a segurança e saúde públicas, dada a presença e o perigo potencial representado pelos escorpiões. O vereador Fábio Luis, utilizando-se de sua prerrogativa de fiscalização, destaca a importância de entender as estratégias e medidas adotadas pelo poder público municipal para combater essa ameaça.

Nas redes sociais, populares têm compartilhado a preocupação com o aparecimento do animal. Bairros como BNH 4° Plano e Jardim Rasslem lideram comentários em publicação realizada no dia 11 de janeiro.

“Aqui em casa achei 4, domingo um me picou. Graças a Deus foi comigo e não com a minha filha. Prefeitura de Dourados, passou da hora de tomar posição. Fora que não dão antídoto para todos que são picados, só para crianças e idosos. A gente tem que aguentar a dor e ficar monitorando”, cobrou uma internauta.

“Para quem tem criança, nada de tapetes ou entulhos, tampe ralos e as pias, limpem bem. Antes de dormir, bata os lençóis”, recomendou outra internauta.

Em seu requerimento, o parlamentar enfatiza que o enfrentamento eficaz dos escorpiões em Dourados depende de uma ação coordenada que inclua não apenas esforços de controle e eliminação, mas também campanhas de educação pública para informar os cidadãos sobre como reduzir o risco de encontros e picadas de escorpiões.