Ex-namorado de 56 anos é suspeito de matar mulher em Campo Grande

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


Toda as hipóteses, incluindo o feminicídio, são apuradas - Crédito: Kísie Ainoã/Campo Grande News

Investigações indicam que um ex-namorado de 56 anos, inconformado com o fim do relacionamento há dois anos, pode ser o principal suspeito de ter assassinado Carla Santana de Magalhães, 25 anos. 

Desaparecida deste terça-feira (30), ela foi encontrada sem vida nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (3) em bairro de Campo Grande. 

A necropsia indica que o assassino matou a jovem em outro lugar e deixou corpo, nu, em uma calçada da rua onde ela morava. 

Carla estaria se aproximando afetivamente de um fotógrafo, de 50 anos, com quem estava trocando mensagens há dois meses. Conforme o Mídia Max, o ex-namorado, de 56, estaria com ciúmes da situação, enviando mensagens constantemente, mas sendo ignorado pela mulher. 

Esse ex-namorado foi ouvido pela polícia Civil em depoimento nesta quinta-feira (2).

A morte foi causada por um corte profundo no pescoço da vítima, de acordo com o site Campo Grande News. O assassino usou instrumento cortante e produziu ferimento profundo na parte da frente do pescoço, atingindo veias essenciais para a circulação.

A Polícia Civil em Campo Grande segue investigando o caso. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE