CEO do Botafogo vê possível favorecimento ao Palmeiras e promete acionar Ministério Público

| GAZETA ESPORTIVA


O Botafogo perdeu a liderança do Campeonato Brasileiro na reta final da competição. Além dos tropeços, os alvinegros reclamam da arbitragem em alguns jogos da Série A. O CEO do clube, Thairo Arruda, revelou que o Botafogo vai fazer uma denúncia ao Ministério Público sobre a arbitragem da competição.

O americano John Textor contratou uma pesquisa da empresa francesa Good Game! que indicou uma vantagem de 21 pontos para os cariocas sem a interferência dos árbitros. O CEO comentou sobre o assunto e um possível favorecimento ao Palmeiras.

'Quando o Textor trouxe o relatório, entendemos que houve um desbalanceamento dos erros, talvez um viés a favor do Palmeiras. Se você analisa os erros ponto a ponto, talvez não enxergue isso. Mas, se olhar no contexto, consegue entender que todas as vezes o favorecimento é de um lado e os erros são para o outro. Vamos acionar o Ministério Público em breve para poder fazer uma denúncia formal e deixar as investigações a cargo do Ministério Público', disse Arruda.

O Botafogo está com 62 pontos na classificação do Campeonato Brasileiro, apenas um atrás de Palmeiras e Flamengo. Os alvinegros voltam a campo nesta quarta-feira, contra o Coritiba, no Couto Pereira.