Onda de calor: aprenda a conservar os trajes de banho no Verão e por todo o ano

Com tecido diferente das peças comuns, tais roupas precisam de uma atenção especial

| ASSESSORIA


 Com a chegada das temperaturas mais quentes e proximidade com o Verão, um exemplo de programa de lazer aos fins de semana ou feriados é uma visita à praia ou piscina com a família e os amigos. Mas, para isso, é importante que as peças de banho estejam em bom estado para durarem durante a estação e no ano inteiro. Pensando nisso, a Marinês Cassiano, especialista têxtil da 5àsec, elencou algumas dicas para preservar o tecido deste tipo de peça. Segundo ela, biquínis, maiôs e sungas merecem cuidados especiais, pois são itens que se desgastam com maior facilidade, por conta da maresia, do protetor solar e de produtos químicos utilizados no tratamento de piscina, como o cloro.

Evite o contato da peça com os cosméticos
Protetor solar, bronzeadores e demais produtos que utilizamos no corpo para o banho são prejudiciais para os tecidos dos biquinis. Por serem composições químicas, eles podem acabar manchando as peças e desbotando as cores de forma rápida. Uma dica, é optar por produtos não oleosos, que sejam aplicados no corpo e que deixe secar antes de colocar a roupa de moda praia. Na reaplicação, é importante o cuidado, evitando encostar nas peças.

Não guarde as peças molhadas ou úmidas
Mesmo com a correria do dia a dia e das viagens, o ideal é que essas peças não sejam guardadas nem molhadas, nem úmidas. Além de facilitar a proliferação de micro-organismos, a moda praia geralmente é composta por tecidos que absorvem água e esticam no corpo, perdendo assim a sua forma original quando molhados. Para que ele não seque e fique gasto, é importante deixá-lo secar completamente em sombra e sem utilização de ferro ou máquinas.

Tome cuidado com as superfícies ásperas
Cuidado ao se sentar em locais como pedras ou solo áspero e, principalmente, deslizar em um toboágua. Essas superfícies podem descosturar, ralar sua peça ou até mesmo rasgar, diminuindo a vida útil.

Evite lavagens caseiras
As lavagens caseiras, bem como misturinhas, aplicações de alvejante e centrifugações podem danificar as fibras do tecido, degradar a cor e estragar a roupa. Por ser uma peça muito delicada, o melhor é que seja realizada uma lavagem especializada a cada uso. Também é importante sempre lavá-las antes de guardá-las, pois caso o cloro ou o sal da água do mar não seja retirada corretamente do item, ele pode esgarçar quando for colocado novamente no corpo.

Marinês explica que essas dicas, combinadas com um armazenamento adequado, vão fazer as peças durarem não só até o fim do Verão, mas por ainda mais tempo. “Os biquinis, maiôs e sungas são itens que acabam sendo utilizados por vários dias nessa época, mas, ainda assim, é possível obter uma vida útil maior com certos cuidados. O essencial é lavar o vestuário de moda praia em uma limpeza delicada, pois estamos falando de peças sensíveis e produzidas, em sua grande maioria, com elastano. Se possível, a orientação é que opte por uma lavanderia especializada e seguindo as orientações indicadas na etiqueta do fabricante para cada tipo de tecido”, finaliza a especialista.

Sobre a Grupo 5àsec:

Especializada no tratamento de roupas e produtos têxteis, por meio de um sistema de limpeza de qualidade, que utiliza equipamentos e produtos de alta tecnologia em seus serviços, a 5àsec é reconhecida no mercado como uma lavanderia inteligente. Seus diferenciais estão centrados no atendimento ao cliente e nos serviços especializados, como: a revitalização das cores das roupas; o processo de engomar, que conserva as roupas como recém-passadas; a impermeabilização, que evita incrustações de manchas, e o tratamento especial em couro, que o hidrata e rejuvenesce. A 5àsec é a maior rede de lavanderias do Brasil, com mais de 550 pontos de venda em todo o território brasileiro.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE