Romário dividirá a função de presidente e Senador da República nos próximos anos.

Mandato iniciará em 6 de janeiro de 2024, ano em que o América disputará o acesso à elite do futebol carioca.

| FUTEBOL INTERIOR


Romário recebeu 54 votos na noite desta quinta-feira. Foto: Arthur Lyrio / AFC.

Sem surpresas, o Senador Romário Faria (PL) foi eleito o novo presidente do tradicional América-RJ para o triênio 2024/2026. O ex-jogador dividirá a função de mandatário com a de parlamentar. O mandato iniciará em 6 de janeiro.

A votação aconteceu na noite desta quinta-feira na sede social do clube. Romário precisava de ao menos 30 votos para vencer a eleição e conseguiu 54. Dois conselheiros votaram em branco.

Com o anúncio de sua vitória nas urnas, Romário disse que espera colaboração da torcida e sonha em ver o América na Primeira Divisão Estadual e também disputando uma competição nacional.

“Eu me sinto preparado para esse novo desafio na minha vida. É claro que quando eu falo isso, é porque eu tenho certeza e fé em Deus e que vocês americanos, como eu e meu pai, vão me ajudar para que possamos, juntos, recolocar o America no lugar que ele merece. É na primeira divisão do carioca e voltando a disputar uma competição nacional”, disse.

Atualmente, o América disputa a Série A2 do Campeonato Carioca. Logo, em 2024 disputará o Estadual pensando no acesso à elite.

Aos 57 anos, Romário é torcedor declarado do América, por onde atuou como gerente de futebol e também jogador em 2009. Tetracampeão pela Seleção Brasileira, ele defendeu Flamengo, Fluminense e Vasco no Rio, além de ter marcado época com as camisas de Barcelona, PSV e Valencia.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE