Após dia com confusões no Rio, Conmebol faz apelo por paz entre torcedores de Fluminense e Boca

| GAZETA ESPORTIVA


Com a final da Libertadores entre Fluminense e Boca Juniors cada vez mais perto, torcedores argentinos começam a encher as ruas e praias do Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira, cenas de violência chamaram a atenção da Conmebol, que pediu o fim das confusões e fez apelo pela harmonia entre as torcidas.

A CONMEBOL faz um chamado aos torcedores do Boca Juniors e do Fluminense FC a compartilharem juntos momentos de alegria e celebração que o nosso futebol nos proporciona. Os valores do esporte que tanto amamos devem inspirar um comportamento pacífico e harmonioso. Portanto,…

'A CONMEBOL faz um chamado aos torcedores do Boca Juniors e do Fluminense FC a compartilharem juntos momentos de alegria e celebração que o nosso futebol nos proporciona. Os valores do esporte que tanto amamos devem inspirar um comportamento pacífico e harmonioso. Portanto, repudiamos quaisquer atos de violência e racismo que possam ocorrer no contexto desta final', escreveu a entidade em seu Twitter.

Apenas dois dias antes da grande decisão do torneio sul-americano, a quinta-feira terminou marcada por violência entre torcedores de Fluminense e Boca Juniors, no Rio de Janeiro. O ponto de maior confusão foi próximo à 'fan zone', área de recreação organizada pela Conmebol.

O clima era de tranquilidade até o fim da tarde, quando as torcidas se cruzaram na praia e deram início a confusão, com agressões e quebra-quebra. A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro interviu com balas de borracha e gás de pimenta, e acabou detendo um brasileiro e dois argentinos.

Após o ocorrido, os militares reforçaram o policiamento não apenas da orla, mas de diversas regiões do Rio de Janeiro. Apesar da concentração na praia de Copacabana, o policiamento se estendeu em mais sete bairros da Zona Sul.

Até o início da semana, estava prevista a mobilização de cerca de 1.200 agentes da Guarda Municipal e da Secretaria de Ordem Pública da cidade. Segundo as autoridades, a expectativa é que mais de 100 mil argentinos cheguem para acompanhar a final, que terá início no sábado às 17h (de Brasília).

Confira este e outros vídeos em Mais vídeos em videos.gazetaesportiva.com

A Conmebol reservou 22 mil lugares para torcedores de cada time no Maracanã, que tem capacidade para quase 79 mil espectadores. Neste sábado, o Fluminense entra em campo em busca do título inédito da Libertadores, enquanto o Boca luta para conquistar seu sétimo troféu.