Esmeraldino saiu na frente após cobrança de pênalti no final do primeiro tempo, mas viu a vantagem ir embora no início da segunda etapa

Com o resultado, o Cuiabá chegou aos 37 pontos e se manteve na 11ª colocação na Série A

| FUTEBOL INTERIOR


Cuiabá e Goiás ficam no empate pelo Brasileirão (Foto: Ascom/Dourado)

Cuiabá e Goiás empataram pelo placar de 1 a 1, na noite deste sábado (21), na Arena Pantanal, em partida válida pela 28ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O resultado não ajudou nenhum dos clubes, que deixaram o gramado lamentando pelas oportunidades criadas e a manutenção da igualdade no placar.

Com o resultado, o Cuiabá chegou aos 37 pontos e se manteve na 11ª colocação, enquanto o Goiás somou 31 e ficou em 16º, na porta da zona do rebaixamento que hoje conta com América-MG, Coritiba, Vasco e Goiás.

Cuiabá e Goiás fizeram um primeiro tempo de poucas oportunidades claras. Tomando conta das ações, o Goiás teve oito finalizações, enquanto o time casa apenas quatro. Os goianos chegaram com perigo com Allano, que acertou a trave do goleiro Walter. Meritão e João Magno também assustaram para os visitantes.

No final do primeiro tempo, Matheus Alexandre derrubou Palácios dentro da área. Em cobrança de pênalti, Guilherme Marques abriu o marcador a favor do Goiás, que levou a vantagem mínima para o intervalo.

O segundo tempo começou de outra maneira. Antes do primeiro minuto, Isidro Pitta fez jogada pela direita e cruzou rasteiro, Clayson pegou de primeira, a bola desviou em Bruno Melo e entrou na meta do goleiro Tadeu, deixando tudo igual na Arena Pantanal.

Com a igualdade no placar, o jogo se abriu e os dois times criaram oportunidades. Palácios chegou pelo Goiás e Deyverson teve um gol bem anulado pelo Cuiabá, com a arbitragem assinalando impedimento. Na reta final, Tadeu cresceu para cima dos adversários e evitou a derrota do time goiano fora de casa.

Pelo Brasileirão, o Cuiabá entra em campo nesta quarta-feira (25), para enfrentar o Corinthians em partida disputada novamente na Arena Pantanal, enquanto o Goiás visita o Fluminense, no mesmo dia, em Volta Redonda.

Walter; Matheus Alexandre, Marllon, Alan Empereur e Rikelme (PK); Raniele, Lucas Mineiro (Denilson) e Fernando Sobral (Ronald Lopes); Derik Lacerda (Isidro Pitta), Deyverson e Clayson (Wellington Silva).

Tadeu; Maguinho, Sidimar, Bruno Melo e Hugo; Morelli, Higor Meritão (Dodô) e Guilherme Marques (Raphael Guzzo); Allano (Vinícius), João Magno (Alesson) e Julián Palácios (Sander).



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE