Gosto ruim na boca: especialista explica como solucionar de vez este incômodo

| ASSESSORIA


Não é incomum encontrar pessoas que se queixam de um gosto ruim na boca em determinada fase da vida. O problema pode ter inúmeras causas, como  desordens no sistema digestivo, deficiência nutricional, distúrbios metabólicos, uso de medicamentos e suplementos, síndromes, infecções e boca seca.

Para afastar essa sensação embaraçosa de vez e se livrar do gosto ruim na boca, é fundamental entender as causas do problema e pensar nas soluções adequadas.

O que pode ser? 

O gosto ruim frequente na boca é causado por diversas razões, dentre as principais estão problemas dentários, que podem ser tanto infecções como cáries, doença periodontal e, até mesmo,  restaurações antigas que estão com infiltrações. E não só: infecções orais, como a candidíase ou bacterianas também entram nesta lista de possíveis gatilhos para o mau hálito.

Para além das questões odontológicas, distúrbios gastrointestinais, como refluxo gastroesofágico, gastrite e úlceras, podem provocar regurgitação de ácido estomacal, resultando no gosto amargo na boca. O quadro pode ser agravado, ainda, pelo uso de medicamentos que alteram o paladar, ampliando as possíveis causas do mau hálito. E há outros fatores, como alterações hormonais, infecções sistêmicas, alimentação inadequada, desidratação e doenças como o diabetes e o câncer. 

Como aliviar o desconforto e quais são os tratamentos

Para começo de conversa, a higiene bucal adequada desempenha um papel fundamental na prevenção do incômodo. "A remoção de bactérias por meio da escovação dos dentes e da língua, além do uso do fio dental são medidas essenciais", afirma o Dr. Fábio Azevedo, Cirurgião Dentista e Consultor do Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da S.I.N. Implant System. “É assim que conseguimos combater a placa bacteriana, eliminar a saburra lingual e, também, afastar problemas dentários como cáries e doenças gengivais", explica.

Além da higiene oral, adotar medidas de autocuidado também podem minimizar a halitose. Uma das condutas mais importantes é manter-se hidratado, tomando pelo menos dois litros de água por dia e, ainda, adotar uma alimentação equilibrada. 

E é importante, também, evitar o cigarro já que o fumo contribui para a redução da quantidade de saliva, causando desconforto e favorecendo o acúmulo de bactérias que causam gosto ruim na boca.

Se tudo isso for feito à risca, e, mesmo assim, o odor desagradável persistir, o melhor a fazer é buscar ajuda profissional. Médico e Dentista irão fazer uma avaliação detalhada e indicar o tratamento adequado.

Lembre-se que livrar-se do gosto ruim persistente na boca passa essencialmente pelo diagnóstico preciso da causa do problema, que pode ser multifatorial. É importante compreender que, embora existam medidas imediatas para proporcionar alívio temporário, é necessário buscar orientação e ter constância no acompanhamento com profissionais de saúde.

Sobre a S.I.N. Implant System: referência mundial em produtos para implantes dentários, a S.I.N Implant System tem DNA brasileiro e está no mercado desde 2003. Hoje, seu parque fabril de última geração entrega mais de 5 milhões de produtos acabados todos os anos, com presença em mais de 20 países. Com uma trajetória de conquistas apoiada nos princípios da simplicidade, inovação e nanotecnologia, a S.I.N. Implant System oferece as melhores linhas de implantes dentários do mundo, além de componentes protéticos. A empresa tem como visão oferecer o que há de melhor e mais seguro na área de implantodontia, utilizando, para isso, tecnologia de ponta e equipamentos de última geração, que passam por rigoroso controle de processos. A excelência em qualidade de seus produtos é garantida e comprovada por meio de certificações nacionais e internacionais. O sonho de restaurar sorrisos, iniciado com a Sra. Neide e o Dr. Ariel Lenharo continua vivo. Em tempo: Ariel Lenharo foi o primeiro doutor em implantodontia do Estado de São Paulo, tendo também realizado sua pós-graduação nos Estados Unidos, no Pankey Institute. A Sra. Neide e o Dr. Lenharo estiveram à frente da companhia até 2009, quando o controle acionário da S.I.N passou para o fundo de investimentos Southern Cross Group, equity firm líder e mais antigo dedicado ao mercado latino-americano, com mais de U$ 2,8 bilhões investidos em 38 empresas em todo o continente. Mais informações em www.sinimplantsystem.com.br



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE