Sem Bruno Lage, Botafogo terá que quebrar tabu histórico para ser campeão do Brasileiro


Bruno Lage não resistiu a mais um tropeço do Botafogo e foi desligado do comando da equipe. Nesta terça-feira (3), o clube oficializou a saída do treinador.

Agora, o Botafogo irá em busca de seu terceiro técnico na sua melhor campanha da história do Campeonato Brasileiro de pontos corridos. Enquanto isso, a diretoria optou por ir com Lúcio Flávio como interino.

Se quiser conquistar o seu terceiro título do Brasileirão, o Glorioso terá que quebrar um tabu histórico desde que o torneio adotou o formato com 20 times nos pontos corridos, em 2006.

Nunca um time foi campeão de lá pra cá com três técnicos diferentes efetivos em sua campanha. Quatro vezes uma equipe ergueu a taça com um técnico diferente do que iniciou a campanha.

O Flamengo em 2009 teve Cuca e Andrade. Em 2018 o Palmeiras começou sua campanha com Roger Machado e decolou com Felipão. No ano seguinte, novamente o Rubro-negro iniciou o torneio com Abel Braga e foi campeão com Jorge Jesus.

Em 2020 novamente o Flamengo começou a sua campanha com Doménec Torrent e ergueu a taça com Rogério Ceni.

Próximos jogos do Botafogo:

Fluminense (F) - domingo (08/10), 16h - Brasileirão

América-MG (F) - quarta-feira (18/10), 19h - Brasileirão

Athletico-PR (C) - sábado (21/10), 21h - Brasileirão