Avaí 2 x 2 Sport – Gols relâmpagos e nos acréscimos decreta empate no duelo de Leões

os catarinenses perderam a chance de ganharem fôlego na luta contra o rebaixamento. 

| FUTEBOL INTERIOR


Avaí e Sport empatam na Ressacada (Foto: Divulgação-Sport)

No duelo de opostos, o Sport lutou até o fim e conseguiu o empate contra o Avaí, já aos 50 minutos, nesta sexta-feira, na Ressacada, pela 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Apesar do empate com gosto de vitória, o time pernambucano não assumiu a liderança, ficando a um ponto do Vitória. Já os catarinenses perderam a chance de ganharem fôlego na luta contra o rebaixamento. 

Com o resultado, o Sport segue na vice-liderança, agora com 54 pontos e seguirá mais uma rodada no G4 da Série B, abrindo quatro pontos do quinto colocado. Já o Avaí, permanece ameaçado pelo rebaixamento. O time segue sendo o primeiro time fora do Z4, com 31 pontos, a três da Chapecoense. 

O duelo começou a mil por hora. Com 27 segundos de jogo, o Avaí já estava a frente do placar. Pressionando a saída de bola do Sport, Gabriel Poveda aproveitou a falha da defesa e tocou para Giovanni, que chegou finalizando para marcar. A resposta do time visitante veio de imediato. Jorginho pegou a sobra e cruzou para Peglow empatar, aos quatro minutos.

O duelo seguiu quente, com as duas equipes se revezando no campo de ataque. Jean Lucas teve a chance de colocar os donos da casa à frente novamente, mas chutou para fora. Do lado visitante, Jorginho recebeu de Love, bateu forte, mas Igor Bohn defendeu. O Avaí era mais agressivo quando subia ao ataque e conseguiu a vantagem aos 36. Jean Lucas cruzou e a bola desviou em Rafael Thyere, que acabou marcando contra.

Na segunda etapa, o Avaí por pouco não marcou outro gol relâmpago, mas Rafael Gava chutou para fora. Poveda estava livre na área. Com mais qualidade, aos poucos o Sport foi crescendo na partida em busca do empate. Felipe arriscou de fora da área e Igor Bohn defendeu no canto. Na cobrança de escanteio, Sabino pegou a sobra e acertou o travessão. Vendo o adversário melhor, o técnico Eduardo Barroca recuou o time do Avaí, colocando três zagueiros em campo e buscou explorar o contra-ataque. 

Mesmo assim, a pressão do Sport seguiu mais perigoso. Felipinho arriscou de longe e Igor saltou para espalmar. Na reta final, a partida ficou nervosa e ganhou contornos de ataque contra defesa, ainda mais com a expulsão de Felipinho, que deixou o Avaí com um a menos. O Sport tirou proveito. Após cobrança de escanteio, Fabrício Daniel ficou livre na área e empatou a partida, aos 50.

O Sport volta a campo daqui a 10 dias, quando encerra a 31ª rodada, na segunda-feira, às 20h00, contra a Ponte Preta, na Ilha do Retiro, na capital pernambucana. Já o Avaí atua no sábado, às 17h00, contra o Botafogo-SP, no Santa Cruz, no interior paulista. 

Por: Agência Futebol Interior, 29/09/2023