Título mundial de basquete feminino da Ponte Preta completa 30 anos

| FUTEBOL INTERIOR


Ponte Preta comemora 30 anos do título mundial de basquete feminino (Foto: Divulgação)

No início da década de 1990, a Ponte Preta conseguiu reunir no mesmo time as duas maiores jogadoras de basquete da época: Magic Paula e Hortência. Elas  comandaram a Macaca que tinha mais uma legião de craques na conquista do campeonato mundial de basquete feminino, no dia 26 de setembro de 1993.

Em parceria com a Nossa Caixa, a Ponte formou um timaço que teve uma trajetória curta, porém extremamente vencedora. Entre 1992 e 1994, o time comandado pela técnica Maria Helena Cardoso ganhou todos os campeonatos que disputou.

No primeiro ano, apenas com Paula na equipe, foram seis finais em seis campeonatos disputados, com quatro títulos e dois vices.

Em 1993, com a chegada de Hortência, a Macaca tornou-se praticamente imbatível dentro de quadra: o time atingiu a expressiva marca de 66 vitórias em 71 partidas ao longo da temporada, conquistando cinco taças em cinco torneios disputados, sendo o mais expressivo deles o título de campeã do mundial interclubes daquele ano.

Em 1994, mesmo com a saída de Paula, a Ponte manteve um time forte, com jogadoras como a pivô argentina Karina e as irmãs Helen e Silvia Luz, para conquistar o bi campeonato mundial de basquete feminino em cima do Parma, da Itália.

Por: Agência Futebol Interior, 26/09/2023



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE