Yuri busca apoio na AL para solucionar conflitos por área rural em Dourados

| CâMARA DOURADOS / ASSESSORIA


Vereador Rogério Yuri falou da tribuna da Assembleia Legislativa de MS na manhã de quarta-feira Foto: Divulgação

Presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Solução dos Conflitos Indígenas e Proprietários de Terras da Câmara Municipal de Dourados, o vereador Rogério Yuri (PSDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa de MS na manhã de quarta-feira (20) para pedir apoio de deputados na busca de solução para a questão dos conflitos que já duram pelo menos três anos, em área próxima do perímetro urbano de Dourados. Também membros da Frente, os vereadores Fabio Luís e Juscelino Cabral acompanharam Yuri à Capital. Elias Ishy e Marcelo Mourão completam a Frente Parlamentar.

“Eu venho até esta Casa, que é a Casa do povo sul-mato-grossense, falar em nome de mais de 180 famílias que neste momento estão apreensivas com a sua segurança”, relatou Rogério Yuri, que busca, junto aos seus pares, alternativas para a proteção dos direitos humanos de indígenas e proprietários de terras.

Yuri pediu apoio de cada um dos deputados para que seja utilizado o Fundo Estadual de Terras Indígenas (Fepati) para encaminhar solução. “Precisamos de apoio e paz no distrito-sede de Dourados. Estamos aqui debatendo a paz, não é possível que as polícias Militar e Federal tenham que estar diariamente para evitar confrontos, como nos últimos dias. Queremos a segurança para cada família, e não a polícia lá”, declarou.

Rogério Yuri contou aos deputados que os conflitos envolvem famílias de não-índios. São 80 moradores de área urbana de Dourados e no limite, alguns também na cidade de Itaporã, que atualmente tem uma área que está sendo buscada pelos indígenas para ser retomada. “Falo também em nome de 100 famílias indígenas que lá estão. Reiteramos o pedido aos deputados para que seja construído da melhor maneira um acordo para seja resolvido de uma vez por todas essa demanda. Cabe a nós, do poder público, buscar que o erro seja compensado, ou por um lado, ou outro”, reforçou.

O presidente da Frente parlamentar douradense recebeu manifestação de apoio de vários deputados. Zeca do PT, Gleice Jane, Lia Nogueira e Zé Teixeira falaram da importância do assunto ser levado às autoridades estaduais e federais e se colocaram à disposição para aprofundar o debate em busca da melhor solução, para ambos os lados e que restabeleça a paz e o entendimento.

O presidente da Alems, deputado Gerson Claro (PP), reiterou apoio da Casa à questão e afirmou que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul tem feito esse debate desde o início do ano, tanto com bancada federal quanto com o governador Eduardo Riedel.