O residentes de Atenção Cardiovascular do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD), filiado à Rede Ebserh está realizando um trabalho de conscientização e prevenção com um grupo de idosas do Parque Rego D'água em Dourados (MS), que praticam exercícios físicos no local.

A cada 15 dias eles promovem um encontro com o grupo para promover discussões práticas relacionadas à diabetes e hipertensão, como fatores de risco para o aparecimento de doenças cardiovasculares, além de ressaltar a importância do cuidado emocional para a saúde. O grupo é composto por cerca de 40 idosas que participam ativamente da ação.

“ Nós, residentes da Atenção Cardiovascular, composto por nutricionista, enfermeira e psicóloga, nos reunimos no parque e  participamos dos encontros com o grupo,  conduzindo discussões relevantes como hipertensão e diabetes que são fatores de risco para o aparecimento de doenças cardiovasculares. Também enfatizamos sobre o quanto é necessário estar atento às nossas emoções, que também impactam diretamente no bem-estar”, explica a nutricionista Marcyelle Vieira Gomes, Residente Multiprofissional  do hospital.

 A residência multiprofissional é um modelo de formação inovador, que busca explorar novos horizontes, atendendo as necessidades de saúde no nível em que está inserida. Nesse tipo de residência, há integração de saberes e conhecimentos de diferentes áreas profissionais a fim de qualificar o trabalho fundamentado nos princípios e diretrizes do SUS. O principal objetivo da residência multiprofissional é o ensino e a formação de profissionais da saúde por meio da educação em serviço. Para tanto, fomenta a especialização desses profissionais com atribuições que promovem o exercício profissional com excelência no cuidado integral à saúde, envolvendo as pessoas, as comunidades, a gestão e a educação em saúde, com vistas sempre à qualidade de vida do usuário.

 

Rede Ebserh

O HU-UFGD faz parte da Rede da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Rede Ebserh) desde setembro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo em que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.