Chapecoense 0 X 1 Guarani – Bugre dorme na vice-liderança da Série B

O Bugre marcou no primeiro tempo e se fechou para entrar no G-4

| FUTEBOL INTERIOR


Guarani derrota Chapecoense. Fez um gol e se fechou lá atrás. Foto: Chapecoense – Oficial

O Guarani entrou de vez na briga pelo acesso ao vencer a Chapecoense por 1 a 0 nesta terça-feira, na Arena Condá, pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. De quebra, o time bugrino assumiu provisoriamente a vice-liderança. 

Com o resultado, o Guarani chegou a quatro jogos sem derrotas e pulou para o segundo lugar, com 47 pontos, dois atrás do líder Vitória. A Chapecoense, por outro lado, está na 15ª colocação, com 27, mesma pontuação do Sampaio Corrêa, que está na zona de rebaixamento e ainda entra em campo na rodada. Este jogo foi transmitido pelos Canais FUTEBOL INTERIOR, com a Rádio WEB, além das plataformas Facebook e Youtube. A narração foi de Lucas de Souza, comentários de Wagner Ferriera e reportagens de Albert Cavalcante. A ancoragem ficou a cargo de Claudinei Corsi, de olho no Placar ao Vivo. O comando técnico, som e áudio, com Felipe Mendes.

BUGRE NA FRENTE!

A Chapecoense tentou se aproveitar do fator casa para sufocar o Guarani. A primeira boa chance foi aos 11 minutos, quando Giovanni Pavani cortou Matheus Barbosa e mandou por cima do gol de Pegorari. O próprio meia chegou a marcar aos 25, mas o lance acabou sendo anulado pela arbitragem. O Guarani, que era discreto até então, resolveu atacar aos 35 minutos e abriu o placar na Arena Condá. Aos 35 minutos, Bruno José avançou pela esquerda e cruzou na medida para João Victor. O atacante subiu sozinho e cabeceou para o gol. A Chapecoense sentiu o baque, mas voltou a desperdiçar uma nova oportunidade de gol aos 38. Após bela troca de passe, Kayke deu de letra para Kaio Mendes. O volante saiu na cara de Pegorari, mas chutou por cima.

SEGUROU!

No segundo tempo, a Chapecoense voltou pressionando, mas a bola insistiu em não entrar. Aos dois, Alisson Farias avançou em liberdade, passou como quis pela defesa, mas foi travado por Lucão. Na sobra, Pavani chutou, quase na pequena área, para um milagre de Pegorari.

Atrás do placar, Claudinei Oliveira abriu mão de seus volantes para povoar o meio de campo e dar mais opções no ataque. Em contrapartida, o Guarani recuou e diminuiu os espaços do adversário.  Aos 15, Tomas Bastos recebeu da direita e mandou de primeira rente à trave.

Nos minutos finais, a Chapecoense tentou jogar a bola dentro da área, visando Henrique Dourado, mas não conseguiu impedir nova derrota dentro da Arena Condá.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, a Chapecoense visita o Sampaio Corrêa no dia 16 de setembro (sábado), às 17h, no Castelão, em São Luís (MA). No dia 17 (domingo), às 15h45, o Guarani recebe o Tombense, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).

Por: Agência Futebol Interior, 05/09/2023