Fluminense marca no fim e vence o Fortaleza no Raulino de Oliveira

| GAZETA ESPORTIVA


O Fluminense deu o bote no fim e venceu o Fortaleza por 1 a 0, neste domingo, no Estádio Raulino de Oliveira, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o Maracanã passando por reformas no gramado, o Tricolor Carioca levou o jogo para Volta Redonda. O campo ruim prejudicou o jogo. Aos 46 da etapa final, Diogo Barbosa fez o gol da vitória.

O Fluzão sofreu com o gramado do Raulino de Oliveira e pouco criou ao longo do jogo. O Tricolor Carioca ainda viu Fábio ser providencial, com três defesas difíceis. No fim, a luta foi recompensada com o gol de Diogo Barbosa.

Com a vitória, o Fluminense agora tem 38 pontos e está na 5ª colocação do Campeonato Brasileiro. O Fortaleza continua com 32 pontos e ocupa a oitava colocação do torneio.

O Fluminense tem um clássico pela frente na próxima rodada e enfrenta o Vasco, no dia 16. O jogo deve ser disputado em Volta Redonda. Já o Fortaleza recebe o Corinthians no dia 14, no Castelão. O Brasileirão vai parar para a Data Fifa.

O duelo começou truncado e sem chances para os dois lados. O primeiro lance de perigo aconteceu aos 14 minutos e foi do Fortaleza. Lucero foi lançado nas costas de Felipe Melo e bateu. Fábio mandou para escanteio.

O Fluminense encontrava dificuldade para criar. Aos 28, Keno avançou pelo meio e chutou da entrada da área, mas não colocou muita força na bola. João Ricardo defendeu com tranquilidade. Nos acréscimos, após cobrança de escanteio, Cano ficou com a bola e chutou. O goleiro do Fortaleza defendeu sem muito trabalho.

O primeiro tempo foi ruim tecnicamente, além de faltoso e com muitos passes errados. O gramado atrapalhou as duas equipes e influenciou para o jogo ser fraco.

O Fortaleza quase abriu o placar aos dois minutos da etapa final. Após cruzamento para a área, Pikachu emendou com força, mas Fábio fez grande defesa. O goleiro do clube carioca precisou trabalhar novamente aos oito minutos. Depois de escanteio, a bola bateu em Samuel Xavier e voltou para trás. Fábio espalmou. Na sequência, Lucero chutou para fora.

Fernando Diniz fez as primeiras mudanças no Fluminense aos 12 minutos. Ele colocou Martinelli e Daniel. Saíram Felipe Melo e Alexsander. André foi recuado para a zaga. O Flu chegou aos 14 minutos. John Kennedy tocou para Keno, pela direita. Ele invadiu a área e chutou cruzado. João Ricardo defendeu.

O Fluzão chegou novamente pela direita aos 17 minutos. Arias fez bela jogada e achou Martinelli na área. A finalização do volante, contudo, foi para fora. Aos 33, após contra-ataque, Fábio defendeu finalização de Machuca, alteração de Vojvoda na etapa final.

O jogo ficou mais aberto, com contra-ataques. Aos 41, Arias invadiu a área e reclamou de pênalti. A arbitragem mandou o jogo seguir e nem tampouco o VAR recomendou revisão. O Fluminense marcou no fim. Aos 46 minutos, após cruzamento da direita, Diogo Barbosa ficou com o rebote na entrada da área e acertou o canto: 1 a 0. O Fluzão conquistou a vitória no Raulino de Oliveira.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE