Vereador Laudir cobra celeridade no pagamento do piso da enfermagem

| CâMARA DOURADOS / ASSESSORIA


Laudir recebeu os representantes da categoria da enfermagem na Câmara Foto: A. Frota

O vereador Laudir Munaretto (MDB) tem cobrado celeridade do Executivo Municipal nos trâmites para o pagamento do piso da enfermagem para os profissionais de Dourados.

Na segunda-feira (28), o parlamentar emedebista apresentou um requerimento durante a sessão ordinária cobrando informações sobre a situação, porém, ainda não obteve resposta.

O pedido é para que o Executivo Municipal detalhe como se dará o pagamento do piso salarial da enfermagem em Dourados para fins de cumprimento integral da Lei nº 14.581/2023 e da Portaria GM/MS n. 1. 135 publicada em 16 de agosto de 2023.

Os valores foram creditados na conta do Fundo Municipal de Saúde de Dourados na data de 22 de agosto de 2023, em parcela única no valor de R$ 2.848.548,00 (Dois milhões oitocentos e quarenta e oito mil e quinhentos e quarenta e oito reais).

O presidente da Casa de Leis solicitou que seja especificado como se dará o pagamento e a atualização dos valores a serem pagos; além disso, quer saber quais as unidades e valores com que cada uma será contemplada com a portaria.

O documento foi encaminhado ao prefeito Alan Guedes; ao secretário de Governo e Gestão Estratégica da Segov, Wellington Rocha; ao secretário de Saúde da Sems, Waldno Lucena Junior; e ao presidente do Conselho Municipal da Saúde de Dourados, Genivaldo Dias da Silva.  

Em continuidade aos trâmites, o vereador Laudir recebeu os representantes da categoria da enfermagem na Câmara Municipal, nesta quarta-feira (30), para discutir sobre o assunto, visto que todos os municípios já receberam a transferência via Ministério da Saúde.

A cobrança da classe é para que haja mais transparência no processo e o mandatário municipal se posicione quanto à disponibilização de um cronograma para que os profissionais saibam quando os recursos serão disponibilizados.

“A princípio, o que notamos é um problema de questão organizacional porque o dinheiro já está na conta. Estamos contatando o Executivo Municipal para uma reunião o mais breve possível. A categoria da enfermagem tem direito e vamos cobrar para que seja cumprido”, explicou Laudir.

Na reunião desta quarta-feira também estiveram presentes a vereadora Liandra Brambilla (PTB); o vereador Juscelino Cabral (PSDB); e o vereador Sérgio Nogueira (PSDB).



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE