Após vaias e gritos de burro, Bruno Lage explica gesto que fez para torcida do Botafogo no Nilton Santos


O Botafogo ficou somente no empate contra o Defensa y Justicia no estádio Nilton Santos pela partida de ida das quartas de final da CONMEBOL Sul-Americana e deixou a torcida que foi ao local irritada pela atuação.

Após o apito final, torcedores xingaram e vaiaram ao treinador Bruno Lage, que respondeu com gestos direcionados à quem o criticou. Em entrevista coletiva, o português explicou sua atitude.

“Eu pedi apoio e carinho ao Jota (JP Galvão) e ao Hugo e a todos esses jovens que estão começando a dar esses primeiros passos e que, em fruto das ausências, vão ter que jogar. Independentemente da experiência, eles precisam se sentir motivados e acarinhados', disse.

“É melhor ser motivado do que sentir ansiedade. É só ver a maneira como entramos no último jogo contra o Internacional. Sofremos um gol e a torcida foi fantástica apoiando a equipe. Fizemos algumas alterações em um ambiente fantástico e os torcedores ajudaram a equipe a virar o jogo', acrescentou.

“Foi isso que aconteceu [hoje]. Eu virei para a torcida para pedir apoio. Eles precisam disso. O talento e capacidade técnica eles têm, o carinho e o apoio vão lhes ajudar em alguns momentos a suportar melhor o estado de ansiedade que vem de fora para dentro', completou.

Questionado sobre a possibilidade de o grupo estar sentindo ansiedade com a possibilidade do título, Lage afirmou que essa sensação é muito mais externa do que interna.

“A ansiedade é de fora para dentro. O grupo não está ansioso. Um grupo que fez o jogo que fez hoje com esta qualidade não está ansioso. Quero que continuemos todos unindo, jogando bola, independentemente se tomamos um gol', afirmou.

“Dentro do grupo não há ansiedade nenhuma e nem pressão. Temos que ter esse cuidado com esses jogadores que chegam e que não podem ser sujeitos a essa pressão e ansiedade porque chegaram em uma equipe grande', finalizou.

Depois do empate em 1 a 1 na ida, o Botafogo precisará vencer o jogo de volta na Argentina para sair classificado. A nova partida contra o Defensa y Justicia ocorrerá na próxima quarta (30), às 19h (de Brasília).

Próximos jogos do Botafogo:

Bahia (C) - domingo (27/08), 16h (de Brasília) - Brasileirão

Defensa y Justicia (F) - quarta-feira (30/08), 19h (de Brasília) - CONMEBOL Sul-Americana

Flamengo (C) - sábado (02/09), 21h (de Brasília) - Brasileirão



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE