COPA DOS EUA: Messi dá 2 assistências, Inter Miami vence Cincinnati nos pênaltis e está em outra final

Depois de dez gols em sete jogos, Messi passou em branco pela primeira vez, mas o Inter Miami obteve uma grande vitória sobre o Cincinnati

| FUTEBOL INTERIOR


Messi está em mais uma final com o Inter Miami

Depois de dez gols em sete jogos, Messi passou em branco pela primeira vez, mas o Inter Miami obteve uma grande vitória sobre o Cincinnati, nos pênaltis (5 a 4), após empate no tempo normal por 3 a 3 e está na final da Copa dos Estados Unidos. Após a conquista do título da Copa das Ligas, o craque argentino vai ter no domingo a chance de somar mais um troféu em sua vitoriosa carreira.

QUE JOGO!

A marcação imposta pelo Cincinnati e o bom posicionamento de sua zaga foram os destaques dos primeiros 45 minutos. Sem espaço, Messi teve de recuar até a metade do campo para tentar armar as jogadas e não teve sucesso.

O Cincinnati firme em sua tática de primeiro marcar para depois buscar o ataque, conseguiu abrir o placar aos 17 minutos, com Acosta, cuja finalização ainda desviou em Miller.

O panorama na etapa final permaneceu inalterado. O Cincinnati foi mais perigoso e obrigou Callender a fazer boa defesa. Mas, aos 22 minutos, Messi cobrou falta na medida para a finalização de Campana: 2 a 1.

O gol não diminuiu o domínio do Cincinnati, que quase fez o terceiro na cobrança de falta de Barreal, que assustou Callender, aos 25. No minuto seguinte Kubo marcou, mas o gol foi anulado porque o atleta ajeitou a bola com a mão. Aos 28, o goleiro do Miami fez mais uma bela defesa.

MUITA EMOÇÃO

O castigo do Cincinnati por perder tantos gols veio nos acréscimos. Messi, sempre longe da área, fez belo passe para Campana empatar aos 51 minutos, levando a disputa para a prorrogação.

E a virada do Inter Miami veio logo aos dois minutos do tempo extra, com Josef Martínez, fruto de uma saída errada de bola do Cincinnati.

Daí para frente o duelo se resumiu ao ataque de Cincinnati contra a defesa do Inter Miami. A forte pressão rendeu até uma bola de Kubo no travessão de Callender, aos 13 minutos. Aos sete da etapa final não teve jeito. O japonês pegou rebote da zaga do Inter Miami na entrada e finalizou para igualar o placar em 3 a 3.

A decisão na vaga na final do campeonato foi para os pênaltis. Messi converteu sua cobrança, Callender defendeu o chute de Hagglund e o Inter Miami venceu por 5 a 4.

Por: Agência Estado, 23/08/2023