Dores nas costas: como escolher o colchão ideal para quem sofre com esse problema

Consultor do sono da rede Anjos Colchões & Sofás alerta que a escolha ideal pode aliviar as dores e trazer mais conforto

| ASSESSORIA


A dor nas costas é uma das principais queixas entre adultos e idosos, seja pelas horas sentadas em frente ao computador, má postura ou algum tipo de doença crônica. Segundo a  Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% da população mundial tem, teve ou terá um desconforto na região lombar durante a sua vida. 

A escolha do colchão adequado é essencial para quem sofre com esse tipo de problema, por isso, é necessário consultar um médico ou fisioterapeuta para avaliar a causa da dor e obter recomendações específicas para cada caso e tipo de colchão mais adequado.

Segundo Jeziel Rodrigues, consultor do sono da rede Anjos Colchões & Sofás, o modelo ideal pode trazer conforto, alívio e uma noite de sono melhor. Confira 5  dicas que vão te ajudar a fazer essa escolha:

Firmeza ideal

É preciso que esse colchão seja firme o suficiente para proporcionar suporte à coluna vertebral, mas também deve se adaptar aos contornos do corpo. Um colchão muito firme pode exercer pressão excessiva sobre os pontos de pressão, enquanto um muito macio pode não fornecer o suporte necessário.

Tipo de colchão 

Existem diferentes tipos de colchões disponíveis no mercado, como os de molas, espuma, látex, de textura mais firme e os mais macios. O especialista explica que cada um tem suas particularidades, características, vantagens e desvantagens. É preciso testar vários tipos até encontrar o mais confortável para você. Visite lojas especializadas em colchões e teste diferentes opções. Deite-se neles por alguns minutos em posições em que você normalmente dorme. Isso permitirá que você tenha uma ideia melhor de como o colchão se comporta sob o seu peso e postura.

“Quem dorme de barriga para cima, não pode ter um colchão muito firme. O ideal é que seja firme e com leve toque de conforto, porque as nossas vértebras ficam muito expostas, e quem sofre com hérnia de disco, por exemplo, acaba tendo muito atrito com o estofado. Agora, quem dorme de bruços, pode ter um de extrema firmeza, até porque se tiver um colchão muito macio, o quadril, que é a parte mais pesada do corpo, acaba ficando arqueado. Ou seja, ela acorda com mais dores”, explica o consultor do sono da Anjos Colchões & Sofás.

Tamanho do colchão

Solteiro, casal, queen, king, super king. São inúmeros tamanhos e modelos, mas o ideal é que você opte por um que seja grande o suficiente para permitir que você se mova confortavelmente durante a noite. Pessoas que sofrem com dor nas costas podem se beneficiar de um colchão mais amplo para evitar ficar "encaixotado" em uma posição que aumente a dor.

“A lombalgia é uma das principais dores nas costas que assola os brasileiros. Quem sofre com essa enfermidade precisa dormir com a coluna alinhada, porque se estiver torta, a probabilidade de acordar com mais dor é enorme”, explica Jeziel.

Durabilidade e garantia

Invista em um colchão que seja de boa qualidade e ofereça uma garantia adequada. Os que oferecem uma qualidade melhor, costumam durar mais tempo e proporcionar melhor suporte ao longo do tempo.

Tempo de troca

Seja qual for o colchão escolhido, é importante lembrar que eles têm uma vida útil limitada. É preciso fazer essa troca entre sete e 10 anos ou conforme as recomendações do fabricante.

Sobre a Anjos Colchões & Sofás 

Fundada no Paraná em 1990, a Anjos Colchões começou suas atividades com produção de estofados e apenas quatro funcionários. Em 2001 a marca estruturou um complexo que atende hoje padrões e normas internacionais de qualidade e segurança, gerando mais de 500 empregos diretos e 1800 indiretos. Em 2007, foi criada a Anjos Franchising, projeto que deu início a Rede Franquias Anjos Colchões & Sofás, que atualmente conta com mais de 280 lojas comercializadas e está presente em 21 estados brasileiros e cinco unidades no Paraguai.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE