Barbosinha pede que doação da JBS seja destinada para instalar leitos de UTIs em Dourados

| ASSESSORIA


Durante sessão desta quinta-feira (25) o deputado Barbosinha (DEM-MS) voltou a chamar atenção para a situação dos leitos de UTI do Hospital da Vida, em Dourados, destinados ao tratamento dos pacientes de casos com a Covid-19. O parlamentar apresentou indicação na sessão desta quinta-feira (25) solicitando que os 10 leitos de UTIs, doados pela empresa JBS, sejam destinados para essa unidade hospitalar no município.

A empresa anunciou recentemente a doação de R$ 21 milhões ao Mato Grosso do Sul para ajudar no enfrentamento da pandemia do Coronavírus em todo o Estado e parte desse recurso será aplicado em Dourados. No município existem atualmente 48 leitos de UTIs habilitados para atender exclusivamente pacientes com a doença, dos quais 20 estão no Hospital da Vida, conforme levantamento do Governo.

“Para ter esses 20 leitos na UTI, foram retirados 10 leitos da RUE - Rede de Urgência e Emergência e disponibilizados para atendimento do Covid-19. No entanto, neste momento, o hospital encontra-se com superlotação e os leitos que foram cedidos estão fazendo falta na Rede de Urgência e Emergência para atendimento de outras patologias. É preciso repor esses leitos e que o hospital tenha, de fato, esses 20 leitos habilitados, exclusivamente, para atender os pacientes de casos com coronavírus”, pediu o deputado, em solicitação feita ao governador Reinaldo Azambuja e ao secretário de Saúde, Geraldo Resende.

O deputado douradense fez questão de lembrar que o Hospital da Vida é referência de atendimento em saúde para pacientes da macrorregião formada por 32 municípios, com população estimada em 800 mil habitantes e manifestou preocupação, também, com as condições estruturais da unidade, após uma paciente, internada em consequência de acidente de trânsito, com traumatismo encefálico, ter adquirido o vírus da Covid-19 dentro do hospital. A mulher, de 32 anos, morreu nesta quinta-feira (25), sem que tivesse outras comorbidades.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE