Brigadistas do HU-UFGD passam por treinamento de reciclagem

Eles tiveram atividade prática de uso de hidrantes para o combate a princípios de incêndios

| ASSESSORIA


Nos dias 06, 13, 20 e 27 de julho, no período da manhã, aconteceu  o treinamento de brigadistas do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD), filiado à Ebserh com atividade prática de uso de hidrantes para o combate a princípios de incêndios.

A segurança preventiva e ostensiva no combate ao princípio de incêndio por meio do trabalhador, minimizando os riscos de prejuízo, perdas de vidas e danos materiais. Reduz-se, assim, a chance de propagação em caso de incêndio, protegendo os colaboradores, usuários e patrimônio das instalações, além de atender as demandas previstas no conjunto de leis e demais normas regulamentadoras de segurança, que tratam da obrigatoriedade das instalações de proteção contra incêndio, dos equipamentos para combate ao princípio de incêndio e do pessoal treinado no uso correto desses equipamentos.

O objetivo é garantir que os trabalhadores já previamente capacitados no curso de formação de Brigadista, mantenham-se atualizados nos conceitos relacionados à prevenção e combate a princípios incêndio, e uso dos sistemas de hidrantes em conformidade com a legislação vigente.

“Como Coordenador do projeto, ressalto a importância de manter os brigadistas do HU-UFGD , bem como demais colaboradores e terceirizados, quanto ao manuseio dos referidos equipamentos em caso de necessidade de princípio de incêndio, de forma que todos possam desenvolver habilidades que visam a prevenção de acidentes e danos ao patrimônio”, explica Adriano Pelegrini Ferreira, técnico de segurança do trabalho.

Foram realizadas 2 (duas) horas de treinamento, sendo distribuídas em quatro turmas. Ao todo, 56 pessoas participaram do treinamento . A capacitação é embasada pela Norma Regulamentadora NR 23 do MTE.

Sobre a Rede Ebserh 

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Ebserh foi criada em 2011 e, atualmente, administra 41 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência. Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ao mesmo tempo que apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas e inovação.