Gols em clássicos, treta com VP, artilharia e mais: veja como foi a passagem de Róger Guedes no Corinthians

| GAZETA ESPORTIVA


O atacante Róger Guedes encerrou sua passagem pelo Corinthians nesta última terça-feira, se despedindo oficialmente do clube. No Timão, o jogador se notabilizou, entre outras coisas, pelo seu poder de decisão em clássicos e por se isolar como o maior artilheiro da história da Neo Química Arena, com 31 gols feitos.

Guedes chegou ao Corinthians em agosto de 2021, após três temporadas defendendo o Shandong Luneng. Na época, o atleta fez um esforço para rescindir seu contrato e deixar a equipe chinesa. O atacante recebeu contato de outros clubes brasileiros, mas escolheu o Timão, muito pela influência do amigo Fábio Santos.

Ao chegar ao Alvinegro, Róger Guedes já chamou atenção com o número de sua camisa. O atacante optou por jogar com um '123' em suas costas, algo incomum no futebol. O atleta tem o costume de usar a '23', mas essa pertencia e ainda pertence a Fagner, um dos líderes do time.

Logo em sua primeira temporada, Guedes se destacou. Sob o comando de Sylvinho, o atacante anotou sete gols em 19 jogos, e se consolidou como titular absoluto. Seu jogo mais marcante em 2021 foi o clássico contra o Palmeiras, em setembro. Na ocasião, o Timão venceu por 2 a 1, na Neo Química Arena, com dois gols do 'calvo'.

O ano seguinte certamente foi o mais difícil para Róger Guedes no Corinthians. Com a chegada do técnico Vítor Pereira, o jogador perdeu o status de intocável e chegou a ser cobrado publicamente pelo treinador, que queria mais entrega de Guedes nos treinos e nas partidas. Apesar de não ter sido titular absoluto com o português, o atacante terminou a temporada entre os 11 iniciais, participando ativamente da campanha que resultou no vice-campeonato da Copa do Brasil.

Já 2023 foi o ponto de virada para Róger Guedes. Os trabalhos de Fernando Lázaro, Cuca e Vanderlei Luxemburgo no Corinthians tiveram uma coisa em comum: o camisa 10 como protagonista.

Prestigiado e com confiança, Guedes recuperou sua condição de titular absoluto e anotou 21 gols em 41 jogos, com sua temporada mais artilheira da carreira. O Corinthians inclusive discutia renovar seu contrato com um aumento salarial, buscando valorizar seu craque antes de sua saída ficar acertada.

Róger Guedes crescia em clássicos pelo Corinthians. Ao todo, o jogador participou de 20 jogo deste tipo e anotou sete gols. Sua principal vítima foi seu ex-time Palmeiras, com quatro tentos anotados

Ao marcar o terceiro gol da vitória por 3 a 1 sobre o Vasco, Róger Guedes se tornou o maior artilheiro da história da Neo Química Arena, com 31 gols, superando Jô.

O Al Rayyan ofereceu 10 milhões de dólares, R$ 47,9 milhões na cotação desta terça-feira, para adquirir 100% dos direitos econômicos do atacante de 26 anos.

Caso tudo se confirme, o Timão receberá 4 milhões de dólares, equivalente a R$ 19,1 milhões, pelos 40% a que tem direito.

Róger Guedes, neste caso, embolsará 6 milhões de dólares - R$ 28,8 milhões, por ser detentor dos 60% restantes.

Ao todo, Róger Guedes deixou o Corinthians com 126 jogos disputados, com 43 gols marcados. Com o atacante em campo, o Timão venceu 55 vezes, empatou em 33 oportunidades e saiu derrotado em 38.