Atlético-BA 1 x 2 Cruzeiro-AL – Urso termina Série D com vitória, mas não se classifica

Atlético-BA e Cruzeiro-AL são eliminados da Série D. Confira!

| FUTEBOL INTERIOR


Atlético-BA e Cruzeiro-AL são eliminados da Série D (Foto: Alexsander Smith / ASCOM Cruzeiro Alagoano)

Em um duelo anticlimático, Atlético-BA e Cruzeiro-AL acabaram eliminados juntos da Série D. No Estádio Carneirão, em Alagoinhas, o Carcará saiu na frente, mas levou a virada. Ambos os clubes chegaram a estar no G4, mas acabaram eliminados. Com isso, os times terminaram colados na classificação: com 18 pontos, os Alagoanos ficaram em sexto no Grupo A4, enquanto os baianos foram sétimos, com 15.

NINGUÉM LEVOU!

No Carneirão, o Atlético-BA saiu na frente ainda no primeiro tempo, com Adriano Michael Jackson marcando, aos 28 minutos, o tento o qual colocava o clube no G4 do embolado Grupo A4. O Cruzeiro-AL, porém, não se abateu e virou o jogo na segunda etapa, com Victor Paraíba, aos 17 minutos, e Thoni, aos 27. Àquela altura, também chegaram a entrar no G4, mas acabaram eliminados pelos outros resultados do grupo.

REGULAMENTO

A Série D do Campeonato Brasileiro reúne equipes de várias regiões do país em uma competição de acesso. O regulamento é dividido em fases, começando com grupos regionais e avançando para mata-matas. Os mais bem colocados seguem para as fases eliminatórias, onde precisam vencer três confrontos diretos para conquistar o acesso à Série C. O vencedor de todo o chaveamento fica com o título.

Eliminados, ambos os clubes voltam as suas atenções para o ano de 2024 e estão em situação similar para a temporada seguinte. Tanto o Atlético-BA como o Cruzeiro-AL não se classificaram para a Série D ou Copa do Brasil do ano seguinte. Desta forma, os atleticanos terão de lutar no Campeonato Baiano para recuperar calendário em 2025, enquanto os cruzeirenses buscarão o mesmo no Alagoano.

Fábio Lima; Paulinho, Caíque Baiano, Bruno e Djavan (Lucas Luan); Gilberto Júnior, Jerry e Leílson (Athirson); Nickson (Edvan), Felipe e Adriano Michael Jackson

Jerfesson; Neilson, Jair Amaral, Alex e Miguel; Batata (Pastor), Colina (Marcelinho) e Aurélio; André Lessa (João Victor), Thoni Moura (Daniel) e Vitor Paraíba (Caio)

Por: Agência Futebol Interior, 23/07/2023