Náutico-PE x Remo-PA – Timbu busca encostar no topo

Náutico aposta na força da torcida para tentar seguir na parte de cima, já Leão busca voltar a vencer na Terceirona

| FUTEBOL INTERIOR


Timbu e Leão duelaram em Recife na Série B de 2021 (Foto: Tiago Caldas - CNC)

O Náutico tem mais um compromisso mirando manutenção do bom momento na Série C do Campeonato Brasileiro. O Timbu mede forças contra o Remo na noite deste domingo (23), nos Aflitos, em jogo válido pela 14ª rodada da Terceirona.

Os alvirrubros vêm embalados por virem de três partidas sem perder, com a última sendo vitória ante o Figueirense, ficando na 5ª posição e somando os mesmos 22 pontos do Volta Redonda, mas tendo vencido uma vez a menos. Ao contrário do Náutico, o Leão Azul vem de derrota no clássico contra o Paysandu, abrindo a zona do Z-4 e totalizando 13 pontos, dividindo pontuação junto à Aparecidense, porém a vantagem dos goianos também é no número de triunfos.

O Náutico chega para o confronto com uma única novidade na escalação. O volante Souza volta de suspensão automática, após receber o terceiro amarelo diante do Ypiranga-RS, deixando consequentemente uma indefinição na formação do meio-campo.

Gabriel Santiago e Eduardo tiveram boa atuação contra o Figueirense, ficando na disputa por vaga no setor. Certeza mesmo é a presença de Jean Mangabeira na cabeça de área do Náutico, pois vem evoluindo cada vez mais e se consolidando entre os 11 iniciais. Jean exalta a fase positiva e diz esperar a ajudar a conquistar o objetivo.

“Acredito ser a melhor temporada da minha carreira, mas não posso deixar subir à cabeça. Tenho de me manter focado para poder ajudar o Timbu a conquistar nosso grande objetivo, que é o acesso para a Série B do Brasileirão. Confio na comissão técnica e em todo o grupo. Somos capazes”, afirmou o meio-campista.

Mudanças em todos os setores. Para tentar superar o Náutico longe de casa e deixar a temida zona da degola, o Remo tem novidades da defesa ao ataque da escalação, que começou no revés frente ao Paysandu, no clássico disputado na última partida.

A primeira delas, no sistema defensivo, se deve à ausência do zagueiro Diego Ivo, que cumpre suspensão e terá o retorno de Ícaro depois de dois meses lesionado. O mesmo serve no meio-campo, com Claudinei não enfrentando o Náutico por estar suspenso e ser substituído pelo também volante Anderson Uchôa; atacante Muriqui, fora pelo terceiro amarelo igual aos demais, está ausente, tal como Pedro Vitor é baixa no departamento médico.

O resultado negativo somado para o arquirrival Papão foi bastante lamentado pelo técnico Ricardo Català. O treinador azulino reconhece a necessidade de não tropeçar na Terceirona: “Precisamos pontuar, continuar fazendo aquilo que eu me propus quando vim aqui, que era pontuar o máximo possível. Situação era crítica, ela é ruim hoje. Uma vitória teria nos colocado a poucos pontos da zona de classificação, mas, mais uma vez, falhamos naqueles detalhes”, avaliou Català.

Vágner;

Victor Ferraz, Denilson, Odivan e Rennan Siqueira;

Jean Mangabeira, Souza e Gabriel Santiago (Eduardo);

Berguinho, Jeam e Paul Villero.

Vinícius;

Lucas Marques, Ícaro, Diego Guerra e Evandro;

Anderson Uchôa, Marcelo e Rodriguinho;

Vitor Leque, Élton e Ronald.

Por: Mateus Schuler, 22/07/2023