Altos-PI x Botafogo-PB – Jacaré tenta deixar lanterna

Altos tenta iniciar recuperação na tabela e deixar lanterna devido à proximidade dos adversários, já Belo busca seguir colado no topo

| FUTEBOL INTERIOR


Belo superou Jacaré durante última edição da Terceirona (Foto: Guilherme Drovas - Botafogo-PB)

O Altos aposta na força do fator casa para poder sair da lanterna da Série C do Campeonato Brasileiro. A próxima missão, entretanto, é um tanto árdua pelo lado do Jacaré, que enfrenta um irregular Botafogo-PB pela 14ª rodada da Terceirona. Belo, por outro lado, vem oscilando e tenta ficar mais regular buscando não desgarrar do topo.

Sem vencer desde a chegada de Luan Carlos, o Altos buscam recuperação na competição, vindo ainda de empate em 1 a 1 com o América-RN, ficando na última posição e 12 pontos ganhos. Já os botafoguenses, por outro lado, ocupam a 6ª colocação e somam 21 pontos depois de terem vencido a Aparecidense por 2 a 1.

Os piauienses, além de buscarem a primeira vitória na história do confronto, não estão com a escalação confirmada antecipada. A necessidade de vencer a todo custo deu indícios de mexidas, deixando os 11 iniciais em aberto para poder enfrentar o Belo, pois há indefinições em todos os setores do time.

Da base que iniciou contra o Dragão potiguar, não há nenhuma baixa, seja por suspensão ou lesão, porém cinco interrogações foram geradas. Na defesa do Altos, Lucas Souza pode ganhar a vaga de Vavá, enquanto no meio-campo Bessa e Valderrama disputam pelos espaços de Tibiri e Lelê, respectivamente; no ataque, Rodrigo Fumaça e Liliu surgem como opções para substituir Elielton e Yan.

Após ter uma semana cheia de treinamentos em preparação, o técnico Luan Carlos fez um balanço sobre o adversário. Luan exaltou força e investimento dos paraibanos: “É um time que foi montado para acesso. O investimento deles é para isso e é um elenco que com certeza buscará isso. Se não me engano, o Botafogo é um dos poucos times que não saiu do G-8 e isso mostra a qualidade da equipe do bom trabalho do Felipe Surian. É um adversário forte, a gente precisará saber jogar com muita inteligência para conseguir alcançar a vitória, um dos objetivos”, disse o treinador.

Ao contrário do Altos, o Botafogo chega para o confronto com mudança obrigatória. O lateral-direito Ricardo Luz recebeu o terceiro amarelo na última partida disputada pela equipe e, assim, terá de cumprir suspensão automática, tendo o companheiro de posição Lucas Mendes acionado em seu lugar.

De resto, a tendência é de manutenção de quem vem atuando para tentar manter força máxima na escalação titular. Um desses jogadores que continua mantido entre os 11 iniciais do Belo é o meia Renatinho, contratado para o certame e segue como substituto de Rogerinho; o armador destaca a força da competição e espera somar mais uma vitória, independente da postura e de onde for o duelo.

“Não se pode relaxar em nenhum jogo, pois a Série C é muito puxada. Teremos contato com o professor para ver o que ele vai nos passar. Eu, particularmente, gosto de ir para cima em todos os jogos. Temos que ter o devido respeito, sim, mas sempre com o objetivo da vitória, independente se é em casa ou fora”, assegurou o meio-campista botafoguense.

Rafael;

Victor, Marcelo, Vavá (Lucas Souza) e Bruno Collaço;

Tibiri (Bessa), Dieguinho e Lelê (Valderrama);

Elielton (Rodrigo Fumaça), Yan (Liliu) e Manoel.

Mota;

Lucas Mendes, Pedro Carrerete, Wesley Matos e Zé Mário;

Wesley Dias, Netinho e Renatinho;

Mateus Anderson, Bismark e Danilo Mariotto.

Por: Mateus Schuler, 21/07/2023



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE