Seguindo o modelo já aplicado na cidade de Maringá/PR, a ACED - Associação Comercial e Empresarial de Dourados trabalha em parceria com outras instituições importantes e a sociedade civil, para a criação do CODED - Conselho de Desenvolvimento Estratégico de Dourados. 

Trata-se de uma iniciativa que busca sensibilizar e organizar a sociedade civil, englobando diversos agentes sociais e o poder público, com a finalidade de trabalhar conjuntamente na elaboração de uma agenda com ações estratégicas voltadas ao desenvolvimento do município. A governança colaborativa é baseada na ideia de que a participação e o envolvimento de diferentes atores sociais são essenciais para o desenvolvimento sustentável e o progresso de uma comunidade. 

Ao reunir representantes da sociedade civil e do setor público, o CODED busca criar um ambiente propício para o diálogo, a troca de ideias e a construção de soluções coletivas. Dentre as prioridades estabelecidas para a governança colaborativa, destacam-se a formação de grupos temáticos e a criação de comissões específicas, com o propósito de trabalhar em três frentes distintas. Essas ações visam abordar os desafios, identificar oportunidades e promover uma ampla discussão sobre os temas relevantes para o desenvolvimento estratégico de Dourados.

As primeiras reuniões já aconteceram, e a criação do CODED está tomando forma. Uma agenda de reuniões com diferentes setores foi montada para pensar e organizar os próximos passos. 

Os encontros vão acontecer nos dias 25 e 26 de julho, no auditório da ACED, com a presença do ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros. Silvio esteve a frente da administração do município por 8 anos, é um dos fundadores do conselho colaborativo atuante na cidade e consultor nacional do Sebrae.

O presidente da ACED comenta a importância da participação da sociedade no projeto. “Nas reuniões vamos poder conhecer melhor sobre o conselho, ter uma boa noção do papel que ele desempenha e como funciona. Maringá é uma referência para todo o Brasil, o conselho já funciona de maneira satisfatória e com a consultoria do Silvio Barros, Dourados tem tudo para trilhar nesse sentido. A ACED não poderia ficar ausente desse projeto, e estamos juntos com a OAB MS - 4ª Subseção e o Sescon - Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e Assessoramento organizando o evento, não somos protagonistas, mas membros participativos. Temos a consciência de que esse conselho de governança é prepositivo e que teremos dificuldades no início, até o andamento normal das ações”, concluiu Paulo Campione.