Em jogo marcado por confusão, Corinthians vence Universitario e garante vaga nas oitavas da Sul-Americana

| GAZETA ESPORTIVA


O Corinthians está classificado para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. A equipe garantiu sua vaga ao vencer o Universitario por 2 a 1 nesta terça-feira, no Monumental de Lima. No placar agregado, o Timão venceu por 3 a 1, já que havia triunfado na ida por 1 a 0. Nos minutos finais, após o segundo gol da equipe brasileira, jogadores do Universitario entraram em confusão com corintianos e policiais presentes no estádio.

Os gols da partida foram marcados no segundo tempo. Maycon abriu o placar para o Corinthians, enquanto Edison Flores deixou tudo igual logo em seguida. Nos acréscimos, o jovem volante Ryan deu a vitória para os Alvinegros.

Com a classificação, o Corinthians terá pela frente o Newell's Old Boys, da Argentina, nas oitavas de final. Já no próximo sábado, o Timão enfrentará o Bahia, fora de casa, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O primeiro tempo do confronto foi mais disputado do que jogador. Pela necessidade do resultado, o Universitario teve mais a posse de bola contra um Corinthians postado defensivamente, no 3-5-2. Apesar de ter cedido poucas chances de gol, a equipe de Luxa assustou pouco nos contragolpes.

A melhor chance dos primeiros 45 minutos foi do Universitario, com Quispe. O meia recebeu passe esticado e tentou tirar o goleiro Carlos Miguel, mas o arqueiro do Timão conseguiu boa intervenção.

Se no primeiro tempo o Corinthians ainda conseguiu trocar alguns passes e administrar a posse, na segunda etapa o Timão se defendeu ainda mais. Com a entrada de Guilherme Biro na vaga de Felipe Augusto, a equipe passou a marcar em um 5-4-1, fechando todos os espaços possíveis.

Mesmo retrancado, o Corinthians chegou ao seu gol com Maycon, aos 25 minutos. Matheus Bidu recebeu com espaço na esquerda e cruzou na medida para Róger Guedes acertar a trave. Na sobra, o camisa 7 fuzilou para o fundo das redes, encaminhando a classificação do Timão.

A alegria do Corinthians durou pouco. Cinco minutos depois, o Universitario empatou a partida com Edison Flores, em cobrança de pênalti quase defendida por Carlos Miguel. A penalidade foi assinalada após uma bola bater no braço de Guilherme Biro pelo lado esquerdo da defesa.

O Corinthians marcou o gol da vitória nos acréscimos, com o jovem Ryan, em contragolpe. Róger Guedes finalizou para defesa do goleiro Diego Romero e, no rebote, o volante da base apenas empurrou a bola para o fundo do gol.

Após o gol de Ryan, alguns jogadores do Universitario partiram para cima do volante, que tirou a camisa na comemoração. Depois, os atletas da equipe peruana encararam policiais do estádio, enquanto os jogadores do Timão ficaram 'presos' no banco de reservas.

Após o ápice da confusão, o árbitro Wilmar Roldan expulsou Ryan e Matheus Araújo, do Corinthians; e Calcaterra e Benedetto, do Universitario.

FICHA TÉCNICA UNIVERSITARIO-PER 1 x 2 CORINTHIANS

Local: Estádio Monumental, em Lima-PER Data: 18 de julho de 2023 (terça-feira) Horário: às 21h30 (de Brasília) Árbitro: Wilmar Roldan (COL) Auxiliares: Alexander Guzman (COL) e Wilmar Navarro (COL) VAR: Angelo Hermosilla (CHI)

Gols: Maycon, aos 25 minutos do segundo tempo e Ryan, aos 47 (Corinthians); Edison Flores, aos 30 minutos do segundo tempo (Universitario) Cartões amarelos: Aldo Corzo (Universitario); Ruan Oliveira, Caetano, Murillo, Ryan e Bruno Méndez (Corinthians) Cartão vermelho: Ryan e Matheus Araújo (Corinthians); Calcaterra e Benedetto (Universitario)

UNIVERSITARIO: Diego Romero; Aldo Corzo (Succar), Riveros e Benedetto; A.Polo (Ancajima), Pérez Guedes (Calcaterra), Ureña e Cabanillas; Quispe, Urruti (Flores) e Emanuel Herrera (Rivera) Técnico: Jorge Fossati

CORINTHIANS: Carlos Miguel; Bruno Méndez, Caetano e Murillo; Rafael Ramos (Léo Mana), Giuliano (Ryan), Ruan Oliveira (Matheus Araújo), Adson (Maycon) e Matheus Bidu; Róger Guedes e Felipe Augusto (Guilherme Biro) Técnico: Vanderlei Luxemburgo.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE