Igor Rabello reclama da arbitragem após empate do Atlético-MG: “Não podemos falar com o árbitro”

| GAZETA ESPORTIVA


O Atlético-MG ainda não encontrou a vitória sob o comando de Felipão. Nesta segunda-feira, o Galo empatou com o Goiás e ampliou sua sequência negativa no Brasileirão. Após o final da partida, Igor Rabello foi incisivo ao reclamar na arbitragem.

Raphael Clauss, responsável pelo apito no jogo, foi bastante criticado pelo zagueiro. Para Igor Rabello, o árbitro não foi justo em alguns momentos, além de ter concedido amarelo para os jogadores que tentavam conversar com ele. O jogador, que terminou o duelo como capitão, também comentou sobre como o time tenta proteger Hulk dos cartões.

'A gente está procurando proteger ele (Hulk), porque ele está muito visado. Não pode falar nada. Quando é falta, não marcam nele e no outro time eles marcam. Então estamos procurando defender bastante ele, para ele focar só no jogo. Acho que assumimos bem esse papel hoje', iniciou.

'Eu entro na frente mesmo com árbitro, tento respeitar eles. Hoje eu fui falar com respeito e tomei um cartão por falar com ele. A gente não pode falar com o árbitro. Eu trato ele sempre com respeito. Procuro não xingar, nem nada, mas eles não querem escutar a gente, dizem que é para proteger eles. É meio complicado, mas a gente vai tentando lidar. Pedindo para ser justo para os dois lados', concluiu.

Sobre a fase vivida pelo Atlético-MG, Igor Rabello reconheceu que precisa melhorar. O zagueiro demonstrou confiança de que as coisas vão mudar.

'É uma situação difícil, que não condiz com o nosso clube, que é muito grande. Sabemos que a fase não é tão boa, mas estamos trabalhando bastante para reverter isso. Não faltou dedicação e vontade hoje. A gente trabalhou muito bem na semana, se cobrou muito e tenho certeza que está perto de reverter isso', disse.

O Atlético-MG é o 12º colocado do Campeonato Brasileiro, com 21 pontos. O próximo desafio do Galo será no sábado, às 21h (de Brasília), contra o Grêmio, em Porto Alegre (RS).



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE