Saúde confirma primeiro óbito indígena

| DIáRIO DIGITAL / DA REDAçãO


(Foto: Divulgação)

 A Secretaria de Estado de Saúde (SES) anuncia, com pesar, o registro do primeiro óbito de um indígena por coronavírus em Mato Grosso do Sul ontem (18). Com isso, o Estado contabiliza 40 vítimas da doença.

A 40ª vítima era um homem de 59 anos, da etnia Guarani Kaiowa, de Dourados e tinha diabetes. Estava internado desde o dia 07/06 e o resultado pelo Lacen saiu no dia 02 deste mês.

Sendo assim, em Mato Grosso do Sul registra 8 óbitos em Campo Grande, 5 em Três Lagoas, 2 em Batayporã, 2 em Paranaíba, 1 em Vicentina (também ocorrido no Estado de São Paulo), 8 em Dourados, sendo 1 douradense que morreu em Tocantins, 2 óbitos de Brasilândia, 2 em Itaporã, 1 em Iguatemi, 2 em Rio Brilhante, 1 em Sidrolândia, 1 em Ponta Porã, 2 em Corumbá, 1 em Douradina, 1 em Deodápolis e 1 em Anastácio.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE