Contratação de Werner é declaração de intenção de um Chelsea que quer se descolar do segundo pelotão inglês

| TRIVELA/LEO ESCUDEIRO


Confirmando os rumores crescentes dos últimos dias, o Chelsea anunciou nesta quinta-feira (18) a contratação de Timo Werner. Reforço que podemos descrever como uma “declaração de intenção', Werner tem potencial para alavancar o time inglês a outro patamar, em um momento em que vemos duas prateleiras distantes de clubes no topo da elite inglesa.

Para contarem com o atacante alemão, a imprensa inglesa noticia que os Blues pagaram a cláusula de contrato de € 60 milhões ao RB Leipzig. O Chelsea não informa em seu comunicado oficial a duração de seu vínculo com o jogador, mas as informações da mídia local dão conta de um acerto por cinco anos, válido até 2025.

Werner irá se juntar ao elenco do Chelsea em julho. Ficará no RB Leipzig para a conclusão da temporada da Bundesliga, mas não participará dos jogos restantes da equipe na Champions League. O clube alemão está classificado para as quartas de final, que serão disputadas em jogos únicos.

A agilidade e o faro de gols de Werner não encontram concorrentes no atual elenco do Chelsea. Contudo, Lampard precisará saber tirar máximo proveito de seu novo goleador, e podemos esboçar como isso aconteceria a partir da contribuição do jogador em seus anos de RB Leipzig.

Blues fans, @TimoWerner has a message for you!

(Thanks for the video, @RBLeipzig_EN!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE