Cães farejadores ajudam Polícia Civil a prender três 'vítimas da sociedade' em Rio Brilhante

Uma menor engoliu droga amarrada com uma linha para depois puxar de volta do organismo

| IVI NOTíCIAS/TOP MíDIA NEWS/THIAGO DE SOUZA


Crédito: Divulgação Polícia Civil

Denúncia anônima levou a Polícia Civil a prender três traficantes de drogas, nesta sexta-feira (22), na rua Dr. Boaventura, no bairro Manoel das Neves, em Rio Brilhante. Os suspeitos são adolescentes e a droga foi descoberta com a ajuda de uma cadela farejadora.

Conforme o Rio Brilhante em Tempo Real, a polícia passou em frente da casa e viu homens e mulheres em atitude suspeita. Eles foram abordados e uma menor de 17 anos jogou porções de droga na calçada. Os demais suspeitos foram revistados e outro menor, de 16 anos, estava com quatro porções de maconha.

Ainda conforme a PC, o local foi isolado para atuação da cadela K-9 Brisa, da Polícia Civil. O animal farejou outros 12 pacotes de pasta-base de cocaína, que eram vendidas a R$ 10, cada. Diante de mais suspeitas, a K-9 vasculhou uma bolsa perto da varanda da casa, onde havia mais pasta base, somando 30 gramas.  No quarto da outra adolescente de também 17 anos, a cadela encontrou escondido em uma das gavetas de um criado-mudo, dentro de uma caixa de celular, mais de 30 trouxinhas da mesma substância.

No caminho até a delegacia, uma das adolescentes ficou nervosa e confessou que tinha engolido porções da pasta-base. Ela pediu um copo de água e depois vomitou a embalagem, que estava enrolada com uma linha, já preparada para puxar a droga de volta do organismo.

Também foram apreendidos dinheiro trocado e os celulares dos suspeitos.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE