Campanha de Combate à Sífilis acontece neste domingo no Clube Ubiratan

Ação terá palestras, orientações e testagem rápida pela equipe multidisciplinar

| ASSESSORIA


Diagnóstico precoce é considerado uma forma eficaz de controle da doença (Foto: Divulgação)

A Campanha Nacional de Combate à Sífilis tem neste domingo (16) o Dia D. A ação acontece no Clube Ubiratan, entre 13h e 18h, com realização de palestras, orientações e testagem rápida pela equipe multidisciplinar. A finalidade é cumprir as metas estabelecidas no Plano de Ações e Metas 2022 do Programa Municipal, atendendo as diretrizes voltadas à Política de Saúde em torno das Infecções Sexualmente Transmissíveis.

A campanha tem como objetivo garantir acesso da população ao diagnóstico da sífilis e de outras doenças transmissíveis, bem como seu tratamento junto à rede básica de saúde. Pretende, ainda, ampliar as ações educativas junto à população buscando conscientizar e mobilizar a sociedade sobre a vulnerabilidade em que se colocam com a prática do sexo sem proteção. O Clube Ubitaran fica na Avenida Marcelino Pires, nº 5326, Vila Industrial.

Na próxima quinta-feira (20), das 8h às 13h, segue a Campanha do Mês de Combate a Sífilis, com ação em parceria com o SEST/Senat na empresa GWA Transportes Escolares Eireli com palestras e orientações sobre IST’s com ênfase em Sífilis e testagem rápida aos funcionários da empresa.

O que é

A sífilis é uma infecção causada por uma bactéria (treponema pallidum) e é transmitida por relação sexual com pessoa infectada (sífilis adquirida), ou ainda transmitida para crianças durante a gestação ou parto (sífilis congênita).

Quanto às manifestações clínicas, ela pode ser classificada como: primária, secundária e terciária. Na sífilis primária, seu sinal é uma lesão geralmente localizada nos órgãos genitais, sem prurido e indolor, e por isso pode passar sem ser percebida. Sem tratamento, pode haver uma evolução para sífilis secundária, apresentando sintomas como erupções na pele. E ainda, entre 15 a 25% dos casos, podem evoluir para sífilis terciária, com comprometimento neurológico e cardiológico.

Quando a sífilis ocorre na gestação, é muito importante que a gestante receba o tratamento adequado, inclusive seu parceiro porque, na ausência desse tratamento, ou ainda, com tratamento inadequado, a sífilis no período da gestação pode provocar sérias complicações para a criança, que desenvolverá a sífilis congênita.

O diagnóstico precoce é considerado uma forma eficaz de controle, pois através dele é possível realizar o tratamento correto completo, que interrompe a cadeia de transmissão. Em 2021, foram notificados 274 casos de Sífilis adquirida, sendo que em 2022 até o mês de setembro foram diagnosticados 189 casos de Sífilis adquirida.

Os eventos programados não alteraram o funcionamento do serviço ambulatorial do SAE/CTA, a unidade do Serviço de Atendimento Especializado/ Centro de Testagem e Aconselhamento (SAE/CTA) localizado na Rua dos Missionários, 420, Jardim Caramuru. A unidade está aberta entre 8h e 13h para realização de testagem rápida de Sífilis, HIV, Hepatite B, Hepatite C, bem como orientações quanto às Infecções Sexualmente Transmissíveis por uma equipe multiprofissional durante todo o mês de outubro.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE