Você sabe o que é Scab Hair? Entenda o que é essa disfunção do couro cabeludo

Paula Breder, especialista no tema e fundadora da marca PB, conta como tratar e prevenir

| ASSESSORIA


Apesar de ser muito comum, principalmente nas mulheres, poucos sabem o que de fato é o Scab Hair. O termo americano simboliza um processo de dano no fio, que é mais percebido pelas cacheadas que estão passando pela transição capilar.

Paula Breder, fundadora da marca PB e especialista que descobriu a disfunção, explica que trata-se da parte do cabelo natural que começou a crescer, depois de ter parado com química, como o alisamento. “Nesse caso, os fios que estão nascendo, ficam sem curvatura, o que leva muitas mulheres a questionarem se seus cabelos são assim ou não. Muitas nesses casos acabam desistindo da transição, por não achar que seu cabelo natural é bonito", afirma.

A profissional explica que a descoberta do Scab Hair veio a partir de uma dificuldade que ela sentia. “Comecei a produzir meus produtos artesanalmente, para minhas clientes, com o intuito de ajudar elas a cuidarem dos seus cabelos quimicamente tratados. Mas queria fazer algo para mim, porque sofria com a dificuldade em manter uma definição nos cachos e isso fazia com que usasse muitos cosméticos”.

Paula conta que via muitas propagandas de produtos para cacheadas que demonstravam a necessidade do uso excessivo de cremes e outros produtos e então descobriu que isso gerava uma disfunção maléfica no couro cabeludo. Na hora, associou que assim como ela, outras pessoas estavam passando por isso também, sem saber. Foi inclusive a partir desse momento que ela deu o ponta pé inicial na sua marca de fitocosméticos 

A disfunção não é necessariamente direcionada a pessoas com cabelos cacheados, pois uma mulher com fios lisos também pode sofrer, devido ao uso de outros tipos de química, mas pela estrutura dos seus fios, ela não consegue identificar com tanta facilidade. Outro fator que ocasiona mais esse grupo é que muitos acreditam que para definir o cabelo o uso de cremes é indispensável e exageram na quantidade, sobrecarregando o couro cabeludo 

Para identificar o Scab Hair, é preciso estar atento a alguns sinais, além da mudança de textura, como cabelos fracos ou grossos demais, ásperos, fios espigados, quebrando com facilidade, entre outros sinais. Apesar de ser um processo passageiro, ainda estamos falando sobre uma doença e que precisa ser tratada, por isso fazer massagens com óleos vegetais, procurar melhorar a alimentação e hidratar o cabelo, sempre pensando que você está tratando e não apenas mantendo a estética, poderá acelerar o processo de cura e ter um cabelo mais saudável 

“É importante frisar que também é possível evitar o surgimento da disfunção, diminuindo a quantidade de produtos industrializados e optando por produtos com ativos naturais e sempre lembrando que o processo de lavar o cabelo não é apenas uma tarefa na rotina, mas sim, uma forma de manter a saúde capilar”, finaliza a especialista.

Paula Breder

Idealizadora da Filosofia PB, Paula criou uma metodologia própria de tratamento capilar. Sua pesquisa pontua a autoridade dos ativos naturais e a fitoterapia em prol da Saúde Capilar. Seus estudos apresentam os danos provocados pela química capilar. Prejuízos de cunho emocional, na estrutura capilar e na saúde das mulheres. Seu discurso empodera a imponência do cabelo natural, estimula a profissional a buscar mais conhecimento e apresenta uma perspectiva de um cabelo saudável, natural, bonito e destituído de padrões.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE